A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/08/2011 09:49

Atriz e marido continuam presos; defesa tenta liberdade e MPE quer preventiva

Marta Ferreira
Juliana, presa na semana passada, pediu a liberdade provisória à Justiça, mas MPE quer que seja decretada a prisão preventiva. (Foto: Divulgação)Juliana, presa na semana passada, pediu a liberdade provisória à Justiça, mas MPE quer que seja decretada a prisão preventiva. (Foto: Divulgação)

Continua no presídio feminino de Campo Grande a atriz de filmes pornôs Juliana Assis Novaes Cardoso, 28 anos, presa na última segunda-feira, em flagrante, sob acusação de crimes de receptação e carro roubado, adulteração de sinal identificador de veículo, falsidade ideológica e uso de documento falso. Ela foi presa junto com o marido, Erick Feliciano Batista, 33 anos.

A defesa da atriz já entrou com pedido de liberdade provisória, que ainda não foi analisado. Por outro lado, o MPE (Ministério Público Estadual), solicitou que seja decretada a prisão preventiva do casal.

A atriz, cujo nome artístico é Júlia Fontanelli, foi presa junto com o marido após uma investigação de uma semana. Júlia Fontanelli é conhecida no meio pornô e já rodou mais de 200 filmes.

Segundo as informações fornecidas no dia da prisão pelo delegado Cláudio Silva, da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), o casal, residente em São Paulo (SP), tem diversas passagens pela Polícia pelos mesmos crimes.

A Polícia investiga a ligação de Erick com a facção criminosa PCC e também suspeita de participação em assaltos a bancos.

Juliana e Erick foram presos em um Spacefox com placas frias, numeração de chassi adulterada, que havia sido roubado em Natal, no Rio Grande do Norte.



mpe ai e perseguiçao po ten casos piores
 
vanderlei marcelino marques em 21/08/2011 10:29:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions