A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

03/05/2013 08:21

A estrada municipal João Gomes

José Tibiriçá Martins Ferreira (*)

Em artigos que escrevi várias vezes, citeia região da Vila Cerrito, onde estão instaladas as duas Universidades: UEMS e UFGD, bem como o Aeroporto Municipal de Dourados, onde existe um trecho de estrada de terra que é acesso para quem vem de Campo Grande e Ponta Porã pela BR-463. É caminho também para quem se dirige à VilaCerrito, passando pelas duas universidades, aeroporto, para a cidade de Dourados ou trevo, contornando para Picadinha, Maracaju (Placa do Abadio), Itahum, Antonio João, Ponta Porã e vários outros municípios.

Em 1978, a empresa Andrade Gutierrez construiu o asfalto de Dourados para Picadinha/Itahum, no contorno à esquerda chegou à porta da UEMAT, hoje UFGD/UEMS, e o restante do trecho ficou no esquecimento, até dizem que está asfaltado no papel.

Ali próximo vivia um gaúcho, um verdadeiro guasca, cidadão trabalhador que veio do sul de carreta, o senhor João Gomes, nascido em Garruchos-RS, de descendência indígena, cujo único filho, Gentil Gomes, 96, vive na rua General Castelo Branco, 940, Jardim Flórida I, e netos como o Donaldo, filho de Juarez Gomes mora do lado direito da Vila Cerrito, homem guapo, de lida rural.

Hoje foi publicada esta matéria no douradosnews: “O objetivo do Executivo estadual é entregar a obra até agosto de 2014, como informou Edson Giroto. Embora o trecho conhecido como Avenida Guaicurus tenha aproximadamente 14 quilômetros, o Governo planeja estender a duplicação por mais 2 quilômetros a partir do Aeroporto até uma estrada vicinal que dá acesso à BR-463, o que totaliza 16 quilômetros de via duplicada”.

É uma notícia alvissareira, afinal com uma tacada mata-se duas cobras. O trecho em referência tem um trânsito muito grande onde transitam tratores, máquinas colhedeiras, ônibus com alunos que vem da zona rural, universitários de toda a região com destino às duas universidades públicas e às duas particulares, às escolas de primeiro e segundo grau, municipais e estaduais.

Antes que coloquem o nome do trecho a alguém que não temnenhum raiz com a região, sugiro que se de ao acesso - BR – 463 da Rodovia João Gomes, afinal este cidadão foi muito útil à região. Tive a oportunidade de conhecê-lo quando criança nas minhas vindas e voltas da Picadinha para Dourados. Ele tinha uma casa de comércio onde era ponto de parada de muitas pessoas, ele exerceu tambémpor muitos anos o cargo de fiscal municipal por ali, alguns descendentes ainda detêm propriedade na região.

Na oportunidade, quero parabenizar todas as entidades, as pessoas que se engajaram nessa luta da duplicação que será concretizada, bem como agradecer ao Sr. Governador que ouviu o apelo da população.


(*) José Tibiriçá Martins Ferreira, advogado e produtor rural na Picadinha.

A humanidade e o poder
Para enfrentar a limitação de recursos da natureza, os humanos têm que superar o egoísmo e encarar a vida com seriedade e solidariedade, estabelecend...
Diálogo de surdos
Imaginem a cena: um professor que repete, repete, repete, sempre da mesma forma, um mesmo conteúdo, em diversas classes, imaginando ter feito a parte...
Eu, professor
Comecei a dar aulas aos 18 anos. Meus alunos, em um supletivo de bairro, eram todos mais velhos que eu. Senti ali, pela primeira vez, a urgência do c...
Os postulados básicos
  Os efeitos da Era de Aquário que já estão se manifestando visivelmente em todo o nosso planeta conduzirão a humanidade para seu destino verdadeiro:...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions