A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

04/07/2011 08:51

A força de um ideal, por Heitor Freire

Por Heitor Freire (*)

Na história da humanidade, as conquistas e as realizações do ser humano decorrem da vontade, da persistência e da liderança de pessoas que inspiram, estimulam, motivam aos outros em busca de um ideal, para, em união consciente e fraterna, realizá-lo.

Os exemplos se multiplicam em todos os lugares. Aqui em nossa cidade, observamos como, desde o princípio, as lideranças se manifestaram na política, na educação, no comércio, nos negócios, na indústria, enfim, em todos os ramos de atividades, influindo no seu desenvolvimento.

Dentre tantas, destaco hoje uma associação que nasceu, cresceu e se consolidou pela força do ideal de uma mulher: a AACC – Associação dos Amigos das Crianças com Câncer.

A vida proporcionou a Mirian Comparin uma situação dolorosa: o seu filho foi acometido por um câncer, doença que naturalmente assusta, deprime e angustia as pessoas, causando um sofrimento enorme a todos os familiares.

Ela, longe de se lastimar, de se sentir “coitadinha”, condenada, de se sentir abandonada por Deus, de sair cobrando, aceitou a situação adversa e partiu para encontrar uma solução, buscando no seu interior a força – força que está latente em todos – e a despertou. A partir daí encontrou orientação e soluções para agir e conseguir a cura do seu filho.

A força que ela usou não tem nada de físico, ela usou de um poder feminino, maternal, muito mais irresistível em sua suavidade e sutileza do que todas as explosões da força bruta, realizando o melhor dela mesma; foi uma vitória do espírito sobre a matéria, sinalizando que, na batalha que se trava dentro de si mesmo, estamos sempre sós e assim devemos redobrar nossas energias a fim de prosseguir no caminho.

Mas essa situação adversa não aconteceu unicamente com essa finalidade: a cura do seu filho. Ela fez dessa circunstância a força motriz para iniciar um trabalho voltado para o atendimento e a cura dessa doença insidiosa. Nada acontece por acaso. Criou ânimo e, com a colaboração de pessoas que conseguiu motivar, acabou criando uma associação – o próprio nome indica: associação de pessoas, de vontades, de ideais que se concretizaram com a realização da AACC.

De um limão muito ácido ela fez uma limonada deliciosa. A felicidade, segundo Aristóteles, reside na atividade, tanto física como mental. Em fazer as coisas de que se possa orgulhar por fazer bem e, portanto, que se tenha prazer em fazer.

A pessoa corajosa não é a que jamais tem medo. A natureza contagiante de uma atitude corajosa por parte de alguém pode inspirar um grupo inteiro. E aí está a Associação dos Amigos das Crianças com Câncer, consolidada, crescendo e prestando serviços numa área em que o Poder Público nunca se interessou em agir. A semente plantada pela Mirian é tão fértil que hoje viceja em muitas outras partes.

A Mirian exercitou a lei da doação, muito bem definida por Deepak Chopra, em seu livro As sete leis espirituais do sucesso “(...) A intenção por trás dos atos de dar e receber, é o elemento mais relevante. Quando a ação de doar é genuína, incondicional e ditada pelo coração, então a energia subjacente à doação é multiplicada (...).

A abundância tem expressão material, mas o que realmente está em circulação é a consciência. Até o pensamento de doar, o pensamento de abençoar ou uma simples oração tem o poder de influenciar os demais. Somos feixes de pensamentos num universo pensante, e esses têm o poder de transformar(...)”.

Na Vida de Sertório, Plutarco narra como esse grande soldado, deu uma demonstração de perseverança a seus comandados, com a seguinte exortação: “Vejam soldados, que a perseverança é superior à violência e muitas coisas que não podem ser superadas de imediato, cedem quando enfrentadas pouco a pouco.

A assiduidade e a persistência são irresistíveis e, com o tempo, superam e destroem as mais poderosas forças, pois o tempo é amigo e protetor daqueles que usam o juízo para aguardar a melhor ocasião e é inimigo destruidor daqueles que se adiantam sem pensar”. Parece que a Mirian se inspirou em Sertório.

Assim a Mirian se tornou, merecidamente, credora da gratidão da nossa população, recebendo justamente este reconhecimento e homenagem. Para usar um termo que, hoje, designa as mulheres que são líderes e capazes de traçar planos ousados de marketing e crescimento, podemos chamá-la de girl inc.

(*) Heitor Freire é advogado, corretor de imóveis e voluntário da Associação dos Amigos das Crianças com Câncer.

Imposto sindical e o fim da sua obrigatoriedade
O “imposto sindical”, assim denominado pela CLT no atual artigo 578, é uma contribuição obrigatória devida por todos aqueles que participarem de uma ...
Baile do desespero e do improviso
Quando começo uma visita hospitalar como palhaço, experimento um puro e sincero estado de desespero. Há 16 anos faço isso com certa frequência e, fel...
Carta aberta ao ministro Joaquim Barbosa
Em nome de milhões de brasileiros e brasileiras insisto na solicitação para que concorra à Presidência da República, em 2018. Precisamos de alguém co...
Qual é a diferença entre preço e valor?
Existe uma grande confusão entre os significados de valor e preço. São duas coisas completamente distintas no mundo das negociações. Quando se fala e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions