A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/12/2010 06:36

Dignidade salarial aos policiais

Por Julio César Cardoso (*)

A politicagem parlamentar não pode postergar ou sobrestar a solução dos graves problemas nacionais. A falta de investimento em Segurança Pública com reflexo negativo na dignidade salarial dos policiais tem mostrado ao país a vulnerabilidade das instituições policiais brasileiras, mal-remuneradas, sujeitas à corrupção criminosa por recebimento de propinas ou de outras remunerações clandestinas.

As consequências nefastas de tudo isso estão estampadas no corpo desnudado brasileiro, em todo o quadrante, em que a falta de uma política justa, honesta e séria salarial dos servidores policiais, bem como de logística das polícias têm escancarado a fragilidade do sistema de repressão nacional diante do poder dos narcotraficantes, e o pior, atente para isto: os agentes policiais brasileiros são mal-remunerados, (muitos) vivem nas mesmas condições de pobrezas da periferia ou moram ao lado de marginais, e por isso são facilmente corrompidos

. E a culpa é do Estado, representado pelo Congresso Nacional e Poder Executivo, que teimam em não prover a Segurança Pública nacional dos rudimentos de sobrevivência e de trabalho. Os resultados negativos estão aí em nossas caras. A bandidagem desrespeitando a sociedade trabalhadora, o problema social de contrastes brasileiro grave, cujo governo só desperta quando eclode, por exemplo, um "Complexo do Alemão".

Por outro lado, já está na hora de ajustarmos com equidade a nossa Constituição. A República Federativa Brasileira não pode continuar sendo regulada por critérios estaduais diferenciados. O país é um todo. Tem uma só língua. Deveria ter uma só lei de efeito social para todos. Não é razoável que o brasileiro de qualquer rincão, por exemplo, pague preço diferenciado para tirar uma carteira de motorista. Assim, por que o valor salarial de um policial do Distrito Federal não pode ser igual aos demais da federação brasileira? Isso tem que ser revisto com mais seriedade.

Quanto se continua gastando inutilmente com a máquina pública brasileira? A dívida interna nacional oscila hoje em torno de 1,600 trilhão. Igualmente, quanto se gasta para manter o Congresso Nacional, as despesas do Planalto etc.? Agora, vir tergiversar que o reajuste dos policiais pode comprometer o orçamento estadual, guardadas as devidas proporções, é como negar alimento para sua própria família.

Ademais, a falta de uma política pública de segurança competente para todos é um dos grandes problemas de nossa sociedade. Sem segurança a sociedade não pode trabalhar, estudar etc. Então, não se compreende essa politicagem barata de não querer atender às justas reivindicações policiais, respaldadas hoje na PEC 300, que já foi aprovada em primeiro turno na Câmara Federal.

Assim, cheira jogo sujo do governo, como manobra para satisfazer os governantes eleitos, pretender agora comissão especial para segurança pública, quase seis meses depois da votação da PEC 300 em primeiro turno do plenário. Consequência: representantes da categoria sinalizam paralisação geral da polícia no dia da posse da presidente eleita, Dilma Rousseff.

(*) Julio César Cardoso é bacharel em Direito e servidor federal aposentado.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


parabens pelo artigo e muito obrigado pela compreensão para com a classe policial
sou Joao carlos Policial civil lotado na delegacia de Policia de jardim/MS
 
JOAO CARLOS em 05/01/2011 04:36:06
No Brasil, o salário dos Policiais deve ser IGUAL. Os deputados num é igual r num são de estados diferentes? Como se explica alguns Policiais ganhando mal e o de DF ganhando bem? Essa discrepância de um estado para o outro é um absurdo ou que será que estamos em outro país. Nós falamos a mesma língua e corremos os mesmos riscos. O governo esta fazendo vista grossa a PEC 300, mas não devemos calar nossas vozes apesar da mídia também não dar o devido foco a questão salarial dos policiais militares. Isso me faz pensar que a mídia esta na mão dos governantes. Isto é democracia que vivemos?
Realmente, o que os Governadores fizeram foi "negar alimento à própria família". Tamanha demagogia. Mas infelizmente os raios-X é desanimador: o Brasil tem os governantes que ele mesmo escolhe. Agora só resta saber quanto tempo mais os policiais levarão chicotadas nas costas ca-la-dos. Policiais do Brasil acordem! Coragem não é só lutar contra criminosos! É também brigar com o governante para que o contracheque do policial seja digno! Do jeito que está não dá!
 
José Caitano em 25/12/2010 12:53:34
Não existe salvador da pátria, a democracia é uma construção coletiva, uma andorinha só não faz verão.
Na segurança pública não é diferente, temos a participação direta de vários órgãos.... Poder Judiciário, Ministério Público e forças policiais..... todos são partícipes e fomentadores da construção e manutenção da tão sonhada paz social........
Tão ou mais importante que denunciar e condenar um criminoso é prendê-lo, alias sem a última, não existira as duas primeiras hipóteses.....
Pelo que vejo as forças policiais não tem a mesma valorização que tem a Justiça e o MP, em termos de estrutura e salários....
Isso é justo? Pense nisso!
Sem segurança o país se torna inviável para todas as classes sociais, sem distinção.......
Segurança se começa com investimento em estruturas e salários dignos aos policiais......
Se queremos dignidade, comecemos pela valorização digna daqueles que estão sempre prontos a defender e zelar por esse nosso direito.
 
Névio Roque Perlin em 21/12/2010 11:36:56
É lamentável essa política salarial imposta ao povo pelo governo.
Agora não haverá aquela desculpa da Lei de resposabilidade fiscal.
A PEC 300 foi tratada com maior descaso pelas autoridades parlamentares.
Aumentos que no trem da alegria variam de 60% a 150%, onde nós estamos.



 
Marcelo Maia em 20/12/2010 02:51:53
A PEC-300 está na UTI e a Dilma e Michel Temer, estão pedindo para desligarem os aparelhos que a mantem viva, sob a alegação de que estaria colocandoum pesado fardo para os Governadores. Ora, os recurssos p/ a complementação dos salarios dos policiais não viriam do Governo Federal? Antes da eleição o discurso era de aprovação e agora querem enterrar a PEC? Cabe a cada policial civil ou militar, bombeiro e até mesmo familiares correrem atrás e ser o oxigenio necessario para retirar a PEC da UTI, mesmo que seja necessario uma paralização nacional e ai eles não poderão contar com a Força Nacional, mesmo porquê todos seus componentes são antes de tudo Policiais oriundos das Policias e Bombeiros. Ou fortalemos nossas bases, ou todo o sistema de segurança se desmoronará.
 
Valter Antunes Oliveira em 17/12/2010 12:31:46
Bom, isso já era esperado. Imaginem se fosse votado a PEC 300?,...só mesmo no pensamento dos nossos colegas policiais. Agora para aumentarem os próprios salários, foi aprovado rapidinho, a solução do problema está nas mãos de vocês e do povo, que embora indignado cruzam os braços e esperam acontecer o pior. O POVO TEM QUE SE MANIFESTAR, O POVO TEM QUE SAIR AS RUAS E COLOCAR ABAIXO ESSA PALHAÇADA... "VAMOS REVIVER A ÉPOCA DO IMPEACHMENT. JA PASSOU DA HORA DE COLOCARMOS ORDEM NO PAÍS! Mais uma andorinha, sozinha não faz verão!
 
Marcelo Max em 17/12/2010 11:12:32
Brincadeira não valorizar o policial, ficam ai correndo atrás de marginal colocando suas vidas em perigo. várias vezes ameaçados por bandidos de facção crimonosa, meaças que causam certo medo pois como não se ganha bem tem que morar as vezes em bairros com alto índice de violência....... Agora para aprovar 62,5% de aumento os politicos sabem lógico é os salarios deles Vergonhaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
 
Alex Correa em 17/12/2010 08:54:12
se salário por si só fosse motivo pra não haver corrupção, alguns políticos das varias esferas não seriam corrompidos. Mas de fato, a segurança financeira ajuda a coibir, ainda mais a alguém que doa sua vida por algumas horas do dia, ou às vezes um pouco mais, para a sociedade, abnegando-se de seu convívio com a família que o espera em seu lar sem a certeza de que irá vê-lo novamente. Viva a PEC 300!!!!
 
Joao Marcos em 17/12/2010 08:21:24
Que a segurança pública necessia urgentemente passar por uma total reformulação, não resta a menor dúvida, agora dizer que o Estado é o culpado pela corrupção e trabalho mal feito de policiais, denota completa falta de conhecimento empírico. milhões de cidadãos brasileiros se avizinham a marginais, drogados, traficantes e prostitutas, e nem por isso se torna um deles. Policial de fato, as vezes arrisca a vida, mas 90 % do seu tempo é gasto na ociosidade, muitas vezes maquinando a maldade. Nosso país precisa é de muita vergonha na cara, Deus em nossos lares e que cada um faça no mínimo sua parte no desenrolar da vida.
 
Celso Pereira de Almeida em 17/12/2010 07:55:35
nao basta o governo encher o estado de viaturas novas e dizer que esta gastando milhoes com a segurança publica etc., tem que pagar melhor os policiais para que os mesmos, quando forem para seus respectivos serviços, não levar todos os problemas de suas dividas e de seus emprestimos, que sao obrigados a fazerem para quitar suas dividas, e ainda assim saõ chamados de nós cegos,por não poderem fazer emprestimos no Banco do Brasil. Isso sem falar nos deputados que ganham o que querem.
 
jurandir nobre leal em 17/12/2010 07:48:28
Parabéns pelo artigo, realmente falta politica pública de segurança, é revoltante ver os depudatos aprovarem aumento salarial deles mesmos e dos seus secretariados, enquanto a Pec 300, uma vez já aprovada, eles não dão a mínima importância!
 
Ananete de Deus e Silva Batistote em 17/12/2010 07:43:00
O problema dos policiais e da PEC foi a falta de entendimento, de coesão da classe e o excesso de regionalismo, de patentes.
O povo brasileiro pela extensão territorial é bairrista entre si. O sentido de unidade quando perdido só nos leva a derrota e não adianta chorar o leite derramado. Os políticos são de uma categoria mais coesa entre sí quando se trata de interesses pessoais, porisso conseguem facilmente seus objetivos, além de serem os próprios a editarem as leis.
Os servidores da Segurança Pública tiveram longos anos estudando e reinvidicando seus direitos mas só e sempre manifestaram essa busca nos momentos de campanha política e, é claro, tomando partido e se deixando levar pelas sábias lábias dos candidatos.
Se continuarem assim, quem sabe, depois do próximo século, uma geração mais light epensante venha conquistar e organizar nossa Segurança Pública.
 
Ezio Jose em 17/12/2010 07:34:00
Eu não sou policial mas sei como e a vida dificil de quem da a vida por nos pois ja presenciei dois poiliciais morrerm para salvar uma pessoa de assalto....e ai eu prgunto cade os direitos humaos dos poliiais esuas familias....cdee os politicos para dar apoio ...ninguemn quer saber de nada..acho que a policia tda do brasil tem ue se unir e parar mesmo e deixr o bndidos tomar conta der vez..ai vão faer alguma coisa...'VMO PARAR MESMO POLIIAIS CIVIS E MILITARES..
 
Arlindo Torres da Silva em 17/12/2010 07:26:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions