A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

26/09/2012 13:59

Escolhi o curso errado na faculdade. E agora?

Por Maurício Sampaio (*)

A pouca idade, a inexperiência e a pressão (de familiares, colegas e da sociedade) muitas vezes fazem com que o jovem acabe optando pelo curso errado na faculdade. Mas como identificar rapidamente essa escolha equivocada, sem que se perca muito tempo?

A insatisfação, o sentimento de angústia e a desmotivação são alguns dos indicadores que o caminho escolhido ainda não é o certo.

Quando se já está estagiando ou mesmo trabalhando, outras características que ligam o sinal de alerta são sonolência e falta de inspiração e criatividade.

Quanto mais cedo evidenciar esses sentimentos, melhor é para uma mudança de rumo, uma nova escolha. Além de roubar seu tempo, a negligência nesse momento pode acarretar doenças psicossomáticas, como stress, síndrome do pânico e fobia, entre outras.

Não há idade-limite para recorrer a outra carreira. O importante é agir e não engrossar o bloco da maioria da população que se encontra insatisfeita com o trabalho, com sua ocupação. Com o descontentamento, muitas dessas pessoas terão ou já possuem algum problema de ordem patológica e emocional.

Então, não leve adiante tanto sofrimento, mesmo que o dinheiro pese nessa decisão.

(*)Maurício Sampaio é especialista em orientação educacional e vocacional. É autor do recém-lançado livro “Escolha Certa - Como tomar a melhor decisão hoje para conquistar uma carreira de sucesso amanhã”, da editora DSOP.

Os três pilares do aprendizado
A educação brasileira passa por um profundo processo de transformação com a implantação da nova Base Nacional Comum Curricular. Precisamos estar pron...
O país onde tudo é obrigatório
Nos Estados Unidos, na França e na Inglaterra, as regras ou são obedecidas ou não existem, por que nessas sociedades a lei não é feita para explorar ...
Universidade pública e fundos de investimento
  A universidade pública não é gratuita, mas mantida pelos recursos dos cidadãos. E por que a Constituição brasileira escolheu determinar esse tipo d...
Uma nobre atitude de cidadania e espiritualidade
A solidariedade é intrínseca à condição humana, um dever moral que vai além da dimensão religiosa, pois todos somos gregários e frágeis. A bondade é ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions