A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

01/01/2015 14:01

Faça seu 2015 valer a pena

Por Mari Gradilone (*)

Luzes piscando, shoppings lotados, amigo secreto, confraternizações e tudo mais a agenda de dezembro permitir. Final de ano é sempre assim. Piscamos e pronto, o ano terminou. Depois de tanta luta e festas, janeiro é o momento de descansar. Tudo bem com essa perspectiva, mas quem toca um negócio próprio precisa arrumar um tempinho para encaixar nessa reta final de ano mais um compromisso importante: o de planejar bem o ano seguinte.

Uma atividade que começa por encerrar bem o ano em curso. Gestão competente, bom alinhamento com seu assessor contábil e jurídico, visão de futuro e controle de gastos. Você fez tudo isso? Então, pode encerrar 2014 tranquilo e focar sua atenção no próximo ano.

Assuma a responsabilidade de fazer do seu ano um sucesso. Sim, a economia influencia, a legislação tributária e social, controle de inflação e taxas de juros vão nos preocupar nos próximos meses. O País precisa recuperar a credibilidade frente aos investidores e voltar a crescer. Mas o empresário precisa seguir em frente, confiante.

Começar o ano de forma organizada, com um bom planejamento orçamentário, é muito importante. Um empreendedor responsável estuda o mercado, observa os movimentos da concorrência, monitora bem seu plano de metas, mês a mês, e corrige a rota quando necessário.Também precisa ficar de olho em mudanças de legislação, conversar com seu assessor contábil sobre algum novo incentivo no recolhimento de impostos, como o super simples para 2015, por exemplo.

Aproveitar o momento de fluxo de trabalho menos intenso para buscar informação, ampliar seu conhecimento sobre finanças, tecnologia, marketing. Tudo faz diferença.Em setembro, o faturamento real das micro e pequenas empresas paulistas aumentou 6,9% em relação a setembro de 2013. Neste período, a receita total das MPE's do Estado somou R$ 51,5 bilhões. O empreendedor brasileiro é criativo, busca o resultado e faz acontecer.

Organização ajuda muito, cercar-se de bons profissionais também. Uma empresa que tem um time forte alcança mais rapidamente os resultados. Em 20 anos de vida executiva à frente de um dos maiores escritórios virtuais do País, observo a luta de muitos empreendedores e profissionais liberais, aprendo com eles todos os dias e me concentro em gerar soluções compatíveis com suas demandas, a custos compatíveis com suas possibilidades.

Um exercício feliz. Crescemos os dois. Eles com um fornecedor comprometido em levar mais flexibilidade e qualidade ao seu dia a dia; eu em compartilhar do crescimento deles e agregar novas soluções ao portfólio da minha empresa.

2015 está aí. Estou planejando como ser uma executiva e fornecedora de serviços melhor ainda. E você, já está pronto para fazer do próximo ano o melhor de sua vida?

(*) Mari Gradilone é sócia-fundadora do Virtual Office.

Um olho no peixe, outro no gato
O agro brasileiro poderia ser bem mais assertivo em sua comunicação com os mercados, aqui e no exterior. Falar mais das coisas boas que faz, seguindo...
Como transformar a nossa relação com a natureza?
Falar em meio ambiente não é algo abstrato. Se traduz no ar puro que respiramos, na água que bebemos e na fauna e flora que nos cercam. Somos depende...
Sem comunicação não há evolução
Os líderes do agronegócio hoje concordam que precisamos dialogar muito mais com a sociedade urbana, pois sem isso não teremos aderência nas necessida...
A Ciência e o desenvolvimento: o óbvio que deve ser lembrado
Um país só se desenvolve se tiver ciência sólida que se transforme em tecnologia empregada pelo setor produtivo. Isso tem sido sobejamente demonstrad...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions