A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

25/04/2012 06:45

Manoel de Barros existe?

(*) Por Heitor Freire

Existe sim e existirá sempre, perpetuado no tempo e no espaço, por sua obra que não encontra similar em toda a literatura: pela profundidade, pela abrangência, pela simplicidade, criatividade e pela força da inteligência e do saber profundo.

O músico Márcio de Camillo baseando-se na obra de Manoel de Barros – o mais aclamado poeta brasileiro vivo contemporâneo – concebeu o espetáculo CRIANCEIRAS inspirado nas “iluminuras” da artista plástica Marta Barros, filha do poeta. Suas “iluminuras” transmitem a atmosfera lúdica da poesia de Manoel de Barros, um trabalho muito próximo ao que ele faz com palavras, sem, no entanto, permitir que a ilustração se transforme em legenda para o texto. No ano passado, Márcio já havia lançado o CD de mesmo nome, que agora dá origem ao espetáculo.

A direção é de Luiz André Cherubini, fundador do Grupo Sobrevento de Teatro de Animação de São Paulo. O espetáculo amalgama teatro e cinema de animação, música, tecnologia digital e literatura, fazendo-se ponte da obra poética para a infância. Um espetáculo cênico musical inspirado na obra do poeta, com poesia, música, imagem, ação e movimento.

A cena é construída a partir da brincadeira dos intérpretes com a palavra do poeta musicada em interação com imagens físicas e projetadas que, delicadamente, no desenrolar das intrigas caçam jeitos inesperados para a liberdade dos curiosos personagens Bernardo, Sabastião, Caranguejo Se Achante Demais, Sombra Boa, e outros.

Uma encenação simples, delicada, sofisticada, inusitada, bela, concebida por artistas criadores comprometidos com a estética contemporânea da arte feita para crianças.

Luiz André Cherubini com vinte e cinco anos de trabalho contínuo, organizou ultimamente, com sucesso absoluto uma Mostra de Teatro para Bebês no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, demonstrando assim sua surpreendente capacidade de comunicação.

A montagem está em fase de criação, com a estreia prevista para o início do mês de julho de 2012. A diretora de produção é Andréa Freire, e a produção executiva é de Belchior Cabral.

O mais supreendente de tudo isso foi a concordância do poeta que é, como se sabe, totalmente avesso a qualquer exposição pessoal. Ele se entusiasmou com o projeto e está aguardando o resultado final que promete, pela qualidade e competência dos organizadores, ser muito bem sucedido.

(*)Heitor Freire é corretor de imóveis e advogado.

Antônio Baiano – Um Gigante
Roseli Marla, minha cunhada querida, neste momento de profunda tristeza que todos estamos vivendo com a morte prematura do nosso querido Antônio Baia...
Projeto de lei pretende punir quem ocultar bens no divórcio
Quem milita na área do Direito de Família está, infelizmente, mais do que acostumado a se deparar com inúmeros expedientes para fraudar o direito à m...
Internet, Vínculos e Felicidade
A cada dia estamos passando mais tempo em celulares e computadores. Tanto que muitas vezes, quando maratonamos seriados, até a televisão pergunta: "t...
Origem espiritual da Profecia
Em minha obra Os mortos não morrem, transcrevo estudos abalizados e relatos interessantíssimos sobre a realidade da vida após o fenômeno chamado mort...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions