A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Agosto de 2019

24/07/2019 18:40

Banco perde recurso e deverá indenizar vítima de fraude em R$ 10 mil

Mulher adquiriu veículo por financiamento, mas descobriu que documentos eram fraudados ao tentar transferir carro para seu nome

Aletheya Alves
Banco perde recurso e deverá indenizar vítima de fraude em R$ 10 mil

Por não ter confirmado a veracidade de documentos apresentados em financiamento, um banco de Corumbá –a 419 km de Campo Grande– foi condenado em primeira instância a indenizar vítima em R$ 10 mil por danos morais e materiais. Após a sentença ser emitida pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o banco envolvido solicitou cancelamento da indenização, porém, teve o novo pedido também negado.

Ao tentar transferir um Fiat Palio Weekend, adquirido em revendedora de carros via financiamento bancário, a mulher descobriu que não poderia realizar o procedimento porque o veículo estava em inventário de proprietário falecido.

Durante o processo de compra do carro não houve problemas com revendedora e banco, sendo aceitos todos os documentos de propriedade. A reclamante informou que foi necessário investir uma moto de R$ 4,5 mil e financiar R$ 12,5 mil para concluir a aquisição.

As complicações apareceram quando a proprietária tentou transferir o Pálio para seu nome, mas foi informada pelo despachante que o dono inicial havia morrido há anos e que os documentos que tinha foram fraudados. 

De acordo com processo que tramitou na 3ª Câmara Cível do TJMS, revendedora, despachante e banco não quiseram assumir a culpa da situação. Por esse motivo, a vítima recorreu à Justiça para cancelar o contrato e pedir condenação por danos materiais e morais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions