ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 24º

Cidades

“Cobaias” da Coronavac em MS serão vacinados a partir de quinta-feira

Quebra de sigilo dos participantes da pesquisa da vacina em MS foi liberado hoje e imunização está sendo agendada

Por Ana Paula Chuva | 19/01/2021 14:46
Ampola do imunizante. (Foto: Henrique Kawaminami)
Ampola do imunizante. (Foto: Henrique Kawaminami)

Com a aprovação do uso emergencial da Coronavac pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no último domingo (17), os participantes dos testes da vacina em Mato Grosso do Sul ficaram apreensivos com a demora na quebra de sigilo de quem recebeu o imunizante e quem recebeu o placebo. No entanto, os nomes já foram revelados e os “cobaias” serão vacinados até quinta-feira (21).

De acordo com uma técnica de enfermagem de 43 anos, que prefere não se identificar, quando eles assinaram o contrato para participar da pesquisa foram informados que o sigilo de quem tomou o placebo e quem teve o imunizante aplicado seria quebrado, mas não foi o que aconteceu.

“A Anvisa liberou domingo e eu ainda não sei se recebi placebo ou vacina. Disseram para nós que se houvesse a liberação esse sigilo seja quebrado para que pudéssemos receber ou não as doses da vacina, mas essa quebra não aconteceu.”, disse a profissional.

Ao Campo Grande News ela ainda contou que tem receio de até ser demitida caso chegue no trabalho e se recuse a tomar vacina.

“Imagina eu chego no trabalho e digo que não posso tomar porque não sei se recebi placebo ou vacina, ou eu viro chacota ou sou demitida. Posso ficar quieta e tomar as doses e ainda colocar minha vida em risco. Isso é um assunto de interesse público”, completou.

Procurada pela reportagem a pesquisadora Ana Lúcia Lyrio, uma das responsáveis pela condução do estudo da Coronavac em MS, a quebra do sigilo dependia da aprovação do Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa) e o CEP (Comitê de Ética em Pesquisas), além das orientações do Instituto Butantan, mas já aconteceu e agora os participantes da pesquisa serão imunizados a partir de quinta-feira.

Essa quebra de sigilo aconteceu já e agora estamos entrando em contato com os participantes para agendar a vacinação. Essas doses não entram no quantitativo do Estado nem do Município, são doses separadas que já estão conosco há dois dias. Eles serão imunizados na base onde o estudo está sendo feito até quinta-feira.”, declarou Ana Lúcia.

Ainda conforme a pesquisadora, foram 290 pessoas que participaram da pesquisa da Coronavac aqui em Mato Grosso do Sul, metade receberam placebo e as outras 145 receberam as doses do imunizante.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário