A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

14/06/2019 08:18

Com feriado prolongado, paralisação não prejudica aulas na sexta na Capital

Izabela Sanchez
Escola Estadual Joaquim Murtinho, na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, nesta sexta-feira (14) (Foto: Marina Pacheco)Escola Estadual Joaquim Murtinho, na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, nesta sexta-feira (14) (Foto: Marina Pacheco)

A convocação para greve geral nesta sexta-feira foi prejudicada em Mato Grosso do Sul pelo feriado prolongado. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, apesar do feriado de quinta ser municipal, em homenagem à padroeira de Campo Grande. Ainda de acordo com o governo, no interior a direção teve liberdade para usar a sexta-feira para atividades que não constam como regulares durante ano letivo. 

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) espera que os trabalhadores venham para Campo Grande participar do movimento que protesta contra a reforma da previdência e os cortes na educação em todo o Brasil.

As escolas municipais também não funcionam por conta do feriado do dia 13 de junho, Santo Antônio. 

A manifestação dos professores deve começar às 9h, com concentração na Praça do Rádio, em Campo Grande.

Movimento - Apenas a paralisação de 3 horas dos ônibus mudou a rotina de Campo Grande nesta sexta-feira. A cidade tem trânsito mais tranquilos que o normal, por conta do feriadão. No comércio, as lojas abriram normalmente.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions