ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 12º

Cidades

Concurso do IBGE teve mais de 300 inscritos em Mato Grosso do Sul

Trabalhaladores vão coletar dados dos sul-mato-grossenses para o Censo 2022

Gabrielle Tavares | 31/08/2022 17:26
Recenseadores em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)
Recenseadores em Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)

Com as inscrições encerradas no início deste mês, 348 pessoas se candidataram para as 207 vagas de recenseadores do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em Mato Grosso do Sul. O processo seletivo foi complementar, para preencher as vagas abertas em diversos municípios do país.

Só em Campo Grande, 193 pessoas se inscreveram para as 62 vagas. O IBGE também havia aberto oportunidades para agente censitário superior e municipal, e houve 14 candidatos.

Os recenseadores são responsáveis pela aplicação dos questionários do Censo 2022 nos lares brasileiros, ou seja, colher dados da população batendo de porta em porta. Os trabalhos começaram em 1º de agosto, mas o IBGE abriu o processo seletivo extra para preencher vagas que ainda estavam abertas.

Eles são remunerados por produtividade, com exigência de que trabalhem ao menos 25 horas semanais e precisam ter ensino fundamental completo. A duração do contrato é de três meses e pode ser prorrogado.

Já a remuneração mensal dos agentes censitários municipais será de R$ 2.100, enquanto a função de agente censitário supervisor tem salário de R$ 1.700. Com carga horária de 40 horas semanais, ambas funções é preciso ter ensino médio completo e a contratação dura cinco meses.

Este último processo foi mais simples, diante da urgência em dar continuidade, não foram realizadas provas, nem foi preciso pagar taxa de inscrição. O chamamento deve ocorrer após análise de títulos, como diplomas ou certificados de conclusão de cursos dos ensinos fundamental, médio ou superior.

Nos siga no Google Notícias