ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  03    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

Condenado a bloqueio de R$ 26,6 mil, deputado Loester está devendo locadora

A empresa entrou com pedido de pagamento na Justiça do Tribunal de Justiça do Distrito Federal

Por Lucia Morel | 27/05/2022 18:58
Deputado federal Loester Carlos em sessão da Câmara dos Deputados. (Foto: Redes sociais do deputado)
Deputado federal Loester Carlos em sessão da Câmara dos Deputados. (Foto: Redes sociais do deputado)

O deputado federal Loester Carlos Gomes, o “Trutis” foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal ao pagamento de R$ 26,6 mil a uma locadora de carros. Ele locou carro blindado, mas está devendo a empresa e sumiu, inclusive da Justiça, não tendo sido citado para responder a demanda em nenhum endereço.

A empresa entrou com pedido e “narra, em suma, que a ação foi distribuída há mais de um ano (04.05.2021) e a despeito da realização de diversas diligências não houve êxito na citação, havendo indícios de que o Requerido esteja se ocultando para não ser citado”.

Com isso, o juiz do caso, Giordano Resende Costa , da 4ª Vara Cível de Brasília, definiu o bloqueio de valores na conta do deputado até atingir os R$ 26,6 mil. No entanto, até agora, apenas R$ 2.954,00 foram bloqueados, já que apenas esse valor foi encontrado. Loester recebe R$ 33 mio como deputado federal.

A ação, impetrada pela empresa Suprema Locadora e Turismo LTDA e cobra, além dos alugueis vencidos e não pagos, também a “ressarcimento de prejuízos de multas de trânsito e aplicadas no período em que o réu se utilizou do veículo locado, conforme descrito na inicial”.

Em sua defesa, Loester alegou que há risco de subsistência da família e pediu que a decisão fosse reformada, o que foi negado pelo desembargador Teófilo Caetano, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.

Nos siga no Google Notícias

Veja Também