ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 33º

Cidades

Covid-19: cai de 12 para 8 semanas prazo entre as doses da AstraZeneca

Fica a cargo dos municípios ajustes de calendários para aplicação

Por Jonas Valenta, da Agência Brasil | 15/10/2021 23:46
Trabalhadora da saúde com dose da vacina contra a covid-19 em mãos. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Trabalhadora da saúde com dose da vacina contra a covid-19 em mãos. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (15) a redução do intervalo da segunda dose da vacina Oxford/AstraZeneca de 12 semanas para oito semanas. Com isso, fica a cargo dos municípios o ajuste dos calendários de segunda dose a partir da disponibilidade do imunizante.

Segundo a pasta, foram enviadas doses para concluir o ciclo vacinal de todas as vacinas ofertadas em todo o país. No total, foram disponibilizadas a estados e municípios 310 milhões de doses. Tiveram o ciclo vacinal concluído até esta sexta-feira 103,7 milhões de pessoas. A população vacinável, com 12 anos ou mais no país, soma 180 milhões de pessoas.

Segundo o Ministério da Saúde, a nova etapa da campanha de vacinação contra a covid-19 envolve a conclusão do ciclo vacinal de quem recebeu a primeira dose do imunizante da Pfizer e as doses de reforço para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde. Um desafio dentro dessa fase é regularizar a situação de quem tomou somente a primeira dose. Segundo o Ministério da Saúde, 19,3 milhões de pessoas estão com a dose atrasada para a conclusão do esquema vacinal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário