ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Detran promete iniciar em 10 dias reinstalação de radares vandalizados na MS-040

Até o final de novembro todos os equipamentos estarão funcionando novamente, afirma o orgão

Por Jackeline Oliveira | 04/11/2023 14:40
Um dos equipamentos de controle de velocidade derrubado na MS-040 entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo (Foto: Direto das Ruas)
Um dos equipamentos de controle de velocidade derrubado na MS-040 entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo (Foto: Direto das Ruas)

Radares para o controle de velocidade que foram instalados em agosto em 11 pontos da MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo, e foram vandalizados antes mesmo de entrarem em operação serão reinstalados gradativamente, segundo o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito)

Segundo o órgão, em dez dias, dois pontos estarão ativos e a reinstalação dos demais será feita até o final do mês de novembro, de forma gradativa. Além disso, foi solicitado reforço da PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) na segurança, para que novos episódios de vandalismo não se repitam.

Os equipamentos fazem parte do programa “Estrada Viva”, criado em dezembro de 2021 para monitorar rodovias com maior incidência de atropelamento de animais silvestres e propor soluções para a redução dos acidentes, que é o caso da MS-040.

Os radares ao longo da MS-040 foram instalados para garantir a prevenção da fauna e a segurança dos motoristas. Os locais foram escolhidos após um o levantamento dos pontos considerados críticos feito pela Agesul (Agência Estadual de Empreendimentos) e o Detran ficou responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos.

Conforme publicado pelo Campo Grande News, a principal suspeita é de que caminhoneiros e demais motoristas que trafegam com frequência pela rodovia que liga Mato Grosso do Sul a São Paulo, insatisfeitos com a instalação dos controladores de velocidade, tenham derrubado os radares à noite.

O trecho onde os controladores de velocidade foram instalados é conhecido por acidentes fatais, em fevereiro deste ano cinco pessoas da mesma família morreram num acidente na altura do km-200, em frente ao trevo de acesso a uma fazenda, sentido Santa Rita do Pardo a Campo Grande, as vítimas ficaram presas as ferragens da caminhonete que colidiu com um caminhão.

Já em maio, três acidentes foram registrados com atropelamento de antas na MS-040. José Augusto Croneis, 65 anos, morreu após uma camionete Hilux atingir o animal e capotar diversas vezes.

O Detran afirmou ainda que retirou os radares derrubados do local para que os mesmos não fossem completamente danificados, como aconteceu com alguns equipamentos. O órgão não informou quanto a reinstalação custará aos cofres públicos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias