ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Cidades

Eleição para diretores começa com pais votando por escolas mais seguras

Pleito inicia às 8h e termina às 21h nas unidades de ensino da rede estadual

Por Cassia Modena e Natália Oliver | 30/11/2023 08:12
Fila em frente à sala onde responsáveis por alunos podem votar (Foto: Juliano Almeida)
Fila em frente à sala onde responsáveis por alunos podem votar (Foto: Juliano Almeida)

As eleições para escolha de diretores e diretores adjuntos que assumirão o posto no ano que vem, nas escolas da rede estadual de Mato Grosso do Sul, começaram às 8h desta quinta-feira (30). A reportagem acompanhou a abertura do pleito na Escola Estadual Teotônio Vilela, a maior do Bairro Universitário, em Campo Grande.

Antes do horário de início, o técnico de telefonia Emiliano Maldonado, 52, esperava para votar. Ele é pai de um estudante da instituição e considera importante a participação da maioria dos responsáveis, para garantir que diretores ou diretoras comprometidos, principalmente com a segurança no local, sejam eleitos.

Ele soube que haveria eleições pela imprensa e sentiu falta de ver a informação circular entre os pais e comunidade escolar como um todo. "Você vê que é um assunto que se fala no noticiário, mas que muitos pais ainda desconhecem. Nem sabiam", aponta.

Emiliano Maldonado sentiu falta de divulgação entre a comunidade escolar (Foto: Juliano Almeida)
Emiliano Maldonado sentiu falta de divulgação entre a comunidade escolar (Foto: Juliano Almeida)

A dona de casa Janete Moraes, 46, também preferiu ir no primeiro horário. Ela aprova a participação dos pais e responsáveis no pleito para que possam indicar nas urnas o desejo de mudança na gestão e eleger candidatos que estejam de acordo com o que priorizam.

Janete também prioriza a segurança. Outros pontos são manutenção nos banheiros coletivos, cuidados com a merenda e a oferta de cursos de tecnologia. "Eu acho que é bom mudar, quando vemos que os alunos precisam de outras coisas", opinou.

Já a aposentada Creonice Rodrigues, 63, que é avó de aluno, acrescenta que é importante o bom atendimento da direção aos responsáveis. "É importante participar e acompanhar o aluno na escola", falou. É a primeira vez que ela participa como eleitora.

Janete preferiu ir cedo (Foto: Juliano Almeida)
Janete preferiu ir cedo (Foto: Juliano Almeida)

Onde votar - A escola onde o aluno está matriculado é o local de votação. É possível participar comparecendo até as 21h.

Na Escola Estadual Teotônio Vilela, a escolha dos pais e responsáveis é indicada em cédula de papel na sala de apoio psicológico.

Os profissionais da educação e do setor administrativo da escola votam em outra sala. Os alunos também votam em sala separada, sendo uma turma por vez, para não atrapalhar o andamento das aulas.

Como funciona - A organização e supervisão das eleições são feitas por comissão formada em cada escola.

Um dos pais ou responsáveis por estudantes da mesma família, os próprios alunos, professores, coordenadores e servidores do setor administrativo poderão votar.

Alunos são liberados turma a turma para votarem também (Foto: Juliano Almeida)
Alunos são liberados turma a turma para votarem também (Foto: Juliano Almeida)

O voto dos professores, coordenadores e servidores administrativos representa 50% do peso na apuração da votação. Já o de estudantes matriculados a partir do 8º ano e seus responsáveis têm, respectivamente, peso de 25% cada um na composição do resultado final.

Exceções - As eleições são dispensadas em 10% das unidades de ensino da rede. Elas são as de orientação religiosas; as que ofertam, exclusivamente, educação para as pessoas privadas de liberdade; escolas cívico-militares; escolas indígenas; o Centro Estadual de Formação de Professores Indígenas; os Centros de Educação Infantil; os Centros Estaduais de Educação de Jovens e Adultos; e os Centros de Formação de Docentes; e Centro de Apoio Educacional da Secretaria Estadual de Educação.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias