A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

12/04/2019 16:40

Forças Armadas são as instituições que brasileiros mais confiam, diz Datafolha

Datafolha analisou como está a confiança dos brasileiros nas instituições do país e militares corresponderam a 45% das respostas como “muito confiáveis”

Izabela Sanchez
CMO em dia de homagem à Ditadura Militar, em Campo Grande (Foto: Marina Pacheco)CMO em dia de homagem à Ditadura Militar, em Campo Grande (Foto: Marina Pacheco)

Levantamento do Datafolha analisou como está a confiança dos brasileiros e brasileiras nas instituições do país e segundo a pesquisa, as Forças Armadas são as mais confiáveis para o público analisado. Segundo o jornal Folha de São Paulo, 45% das pessoas disseram que os militares são “muito confiáveis”.

Antes, aponta a Folha, esse índice era de 37%, o que mostra crescimento de 8%. Há ainda os que não confiam, 18% e os que confiam pouco, 35%. Além das Forças Armadas, a Presidência da República foi apontada como a segunda instituição mais confiável, com maior aumento do grau de confiança.

A mesma pesquisa em junho de 2018 apontava que 5% confiavam muito e 64% não confiavam. Já o novo levantamento indica 29% dos que confiam muito e 29% dos que não confiam. Os que confiam um pouco corresponderam a 41%.

Quanto aos militares, a confiança é maior entre os homens, já que 55% deles afirmaram confiar muito, frente à 36% das mulheres. Esse índice também é maior na região Sul – 50% - e entre as pessoas que aprovam Jair Bolsonaro (PSL), 69%. Outra pesquisa do Datafolha mostrou que 60% consideravam a atuação dos militares no governo positiva para o país.

Congresso e partidos – O instituto também indica crescimento na confiança dos congressos e partidos políticos. A pesquisa de 2018 mostrou que 3% confiavam muito no Congresso e esse número aumentou para 8%. Os que confiavam um pouco eram 28% e os que não confiavam, 67%. Esses percentuais aumentaram e diminuíram para 49% e 41%, respectivamente.

A confiança nos partido cresceu 3 pontos com relação a 2018: 5% confiam muito nas legendas. Os que confiam pouco representam 39%, aumento de 11 pontos e 68% não confiam nada, uma queda de 14 pontos.

Instituições do judiciário também representaram aumento de confiança. Quanto ao STF (Supremo Tribunal Federal ), 18% confiavam muito, aumento de 4 pontos, 46% confiam pouco, aumento de 3 pontos e 32% os que não confiam, queda de 7 pontos.

Público – A Folha afirma que a idade dos entrevistados tem ligação com o índice de confiança nas instituições. Segundo o jornal, quanto maior a idade, maior a confiança nas instituições. Entre o público de 16 e 24 anos, 14% confiavam muito, mas entre os maiores de 60, esse número aumenta para 32%.

A pesquisa também notou que entre os mais velhos - 13% dos maiores de 60 anos – é maior a confiança nas redes sociais. Esse número é de 7% entre os mais jovens, de 16 a 24 anos.

Os menos escolarizados são os que mais confiam no Judiciário e nas grandes empresas, segundo o levantamento. Entre o público que fez o ensino fundamental, 26% confiam muito nos empresários e 30% na Justiça. Já os que têm ensino superior, 14% confiam nas empresas e 20% no Judiciário.

O Datafolha entrevistou 2.086 pessoas nos dias 2 e 3 de abril em 130 municípios de todo o Brasil. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions