ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 13º

Cidades

Janeiro foi o 2º mais mortal da série histórica, segundo cartórios

Covid-19 fez menos vítimas, mas óbitos por causas respiratórias tiveram alta

Giovanna Dauzacker e Karine Alencar | 21/02/2022 16:56
Mortes por covid-19 tiveram queda de 68% em janeiro deste ano. Foto: Arquivo/Saul Shcramm
Mortes por covid-19 tiveram queda de 68% em janeiro deste ano. Foto: Arquivo/Saul Shcramm

Janeiro de 2022 foi o segundo mais mortal desde 2003, quando começou a série histórica dos cartórios de Mato Grosso do Sul. Com 1.805 óbitos registrados, o período fica atrás apenas do mesmo mês do ano passado, quando foram registradas 1.680 mortes.

Os dados são do Portal da Transparência do Registro Civil, e mostram que a covid-19 fez 68% menos vítimas. Por outro lado, pneumonia e Síndrome, Respiratória Aguda Grave (SRAG) foram responsáveis por 55% e 62% dos óbitos, respectivamente.

Além dessas, tiveram crescimento também as mortes causadas por doenças do coração, como AVC, de 30%, Infarto, de 3% e causas cardiovasculares inespecíficas, de 10%. Óbito por causa indeterminada também teve aumento de 100%.

O número de óbitos registrados ainda pode ser maior, tendo em vista que os prazos para registros chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o lançamento do registro no Portal.

Causas violentas - Diferente do número de mortes causadas por doenças, que tiveram queda de 6,9% em janeiro, os óbitos por causas violentas (homicídios, acidentes de veículos, suicídios, entre outros) cresceram 88% no período.

Segundo a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado (Arpen-MS), a diminuição do isolamento é um dos motivos para o aumento de mortes por violência, já que “eleva os índices de óbitos em razão de acidentes e crimes”.

Na comparação entre janeiro de 2020 e 2021, houve queda de 30% no número de óbitos violentos.

Mortes por covid-19 - A SES (Secretaria Estadual de Saúde) registrou nesta segunda-feira (21), mais 11 mortes decorrentes à covid-19, elevando o total de vítimas da doença para 10.224. A taxa de letalidade está em 2,1% no Estado.

Nos siga no Google Notícias