ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Maioria dos leitores é contra redução de feriados prolongados no Brasil

Projeto de Lei pode determinar que feriados de terça a quinta-feira sejam comemorados às segundas ou sextas

Por Gabriel Neris | 11/08/2020 07:16
Fraco movimento de pessoas durante feriado no Centro da Capital (Foto: Arquivo)
Fraco movimento de pessoas durante feriado no Centro da Capital (Foto: Arquivo)

A maioria dos leitores do Campo Grande News se mostrou contrára à possibilidade de redução no número de feriados prolongados no Brasil. Somente 38% disseram ser favoráveis a medida, enquanto 62% declararam ser contra.

O deputado federal Beto Pereira (PSDB) é o relator do Projeto de Lei 3791/19, que trata da antecipação dos feriados que caem no meio de semana para serem comemorados nas segundas ou sextas-feiras.

Maioria dos leitores disseram “não” (Foto: Reprodução)
Maioria dos leitores disseram “não” (Foto: Reprodução)

Segundo o parlamentar, a expectativa é de que o relatório seja apresentado dentro de dez dias. “Neste intervalo estou ouvindo entidades de classes diretamente ligadas ao tema e dentro dessas discussões”, disse.

“Não estamos discutindo aqui a competência de Estados, município e muito menos da União em decretar feriados. Estamos discutindo a comemoração dos feriados. Os que caem automaticamente na segunda e sexta-feira não terão nenhum tipo de alteração. A intenção é que possamos evitar pontes, dias que não são feriados e que têm efeito para a economia de dia não trabalhado”, ressalta o deputado.

Beto Pereira explica que um dia de folga dentre os 252 dias úteis de 2019 significou diminuição do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro de 0,4%, ou seja, R$ 29 bilhões. “O país passa a ser mais competitivo, tem mais eficiência. Serão palavras de orem para um período de pós-pandemia, vamos ter que retomar o crescimento, retomar investimentos”, completa.