ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 24º

Cidades

Máscara, álcool em gel, distância e horários, veja o que muda nas eleições 2020

Tribunal Superior Eleitoral elaborou plano de biossegurança para receber os 612 mil 487 eleitores nas urnas no dia 15 de novembro

Por Paula Maciulevicius Brasil | 24/10/2020 07:59
Registro de todo material que será usado nas eleições 2020: face shield, máscaras, álcool em gel e cartazes com orientações. (Foto: Silas Lima)
Registro de todo material que será usado nas eleições 2020: face shield, máscaras, álcool em gel e cartazes com orientações. (Foto: Silas Lima)

Para votar este ano, os eleitores vão precisar de muita coisa além do título ou documento com foto. É necessário já sair de casa com máscara, sem febre e contando 14 dias após confirmação de covid-19, caso você tenha tido a doença. Até horário específico foi traçado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) dentro do plano de biossegurança: idosos acima de 60 anos têm preferência para votar das 7h às 10h.

Também é preciso respeitar o distanciamento social, nas filas, o eleitor deve seguir a marcação que está no chão, que aponta 1m entre um eleitor e outro. O recomendável é não levar acompanhantes e evitar de cumprimentar conhecidos. A máscara não deve ser tirada em hipótese nenhuma, por isso a cartilha de recomendações também pede para que água ou alimentos não sejam ingeridos.

Em Campo Grande, são 612 mil 487 eleitores que vão sair de casa para o primeiro turno, no dia 15 de novembro. A votação será das 7h às 17h e os eleitores não devem deixar para a última hora.

Entrega de materiais na sede do Tribunal em Campo Grande. (Foto: Silas Lima)
Entrega de materiais na sede do Tribunal em Campo Grande. (Foto: Silas Lima)

O plano de biossegurança do TSE foi elaborado por uma consultoria sanitária formada pela Fiocruz, o Hospital Albert Einstein e o Hospital Sírio Libanês. Para o desembargador presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul, João Maria Lós, é fundamental esclarecer e levar ao conhecimento da população o plano de segurança.

"Estão sendo adotadas todas as medidas necessárias para garantir a saúde e a segurança de mesários e eleitores, pois o propósito é que o eleitor, se sentindo seguro, compareça e exerça sua cidadania".

O Campo Grande News resume agora o passo a passo para as eleições. Antes de sair de casa, confirme o local de votação (clique aqui para confirmar no site do TRE/MS), zona e seção, para agilizar a votação. Saia já usando a máscara, leve sua própria caneta, junto do documento oficial, e claro, a colinha com os números dos seus candidatos (aqui você pode ver o modelo do site do TSE). Lembrando que não pode usar o celular na cabine, nem tirar selfies.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

No caminho até o local de votação, evite aglomerar dentro do carro (a não ser que sejam pessoas que já convivam com você) e tente manter a distância mínima de 1m dos demais eleitores procurar a sua seção.

As eleições deste ano são municipais e a ordem de votação é: primeiro vereador, depois prefeito. Na fila, também mantenha a distância de 1m de quem está à sua frente. Se tossir ou espirrar, use o braço ou um lenço.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Ao chegar a sua seção, fique em frente do mesário, mostre seu documento. Se necessário, o mesário pode pedir para o eleitor baixar a máscara para ele confirmar a foto do documento. Em seguida, guarde o documento e limpe as mãos com álcool em gel para assinar no caderno de votação. Neste momento, é ideal que você use a caneta que já trouxe de casa.

Quando a urna for liberada, vá até a cabine, vote e na saída limpe as mãos com álcool em gel mais uma vez.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Mesários - Quem estiver trabalhando como mesário deve trocar a máscara de proteção a cada 4h e usar a proteção facial de acetato, o face shield, durante todo o tempo. Além de manter a distância mínima de 1m entre os eleitores e os demais mesários, também é recomendado limpar as superfícies com álcool 70% e higienizar as mãos com álcool em gel constantemente.

Sintoma de covid? - Eleitores e mesários que estiverem com sintomas da covid-19 não devem comparecer ao local de votação. A justificativa pode ser feita direto pelo celular, basta baixar o aplicativo e-título no Google Play ou App Store. Também cabe justificativa para o eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral.

Devido à pandemia da covid-19, o Congresso Nacional promulgou emenda constitucional que adiou o primeiro turno das eleições de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno, se houver em Campo Grande, será no dia 29 de novembro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário