ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Mesmo há 5 dias sem vacinar, MS se mantém em topo do ranking; entenda o motivo

Questão e como os estados distribuem as doses que são repassadas de forma igualitária

Por Gabriela Couto | 17/06/2021 11:02
Agilidade das equipes que fazem o transporte e a aplicação das vacinas é o que mantem o Estado na linderança do país mesmo sem vacinas (Foto Kísie Ainoã)
Agilidade das equipes que fazem o transporte e a aplicação das vacinas é o que mantem o Estado na linderança do país mesmo sem vacinas (Foto Kísie Ainoã)

Apesar de Mato Grosso do Sul estar há cinco dias sem receber doses, o Estado continua liderando o ranking nacional entre os estados, conforme relatório da OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde). A explicação é fácil: tudo que chega, rapidamente é aplicado. A divisão das doses é igualitária entre os estados brasileiros. Mato Grosso do Sul consegue se destacar pela agilidade da entrega aos municípios e imediata aplicação em relação às demais que demoram a esvaziar os estoque dos imunizantes.

Conforme o levantamento, das 1.447.560 doses recebidas do Ministério da Saúde, até o dia 15 de junho, 1.409.320 doses foram aplicadas no Estado. O índice de aproveitamento de doses utilizadas foi de 97% deixando o Estado acima da média nacional de 73%.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, os números refletem os esforços das equipes em dar celeridade na imunização. “Continuamos sendo exemplo para o país. A grande quantidade de doses aplicadas reflete o nosso trabalho árduo em vacinar os sul-mato-grossenses”, explicou.

A OPAS ainda destacou que até 15 de junho o Estado tinha 50% da população alvo, com mais de 18 anos, com a primeira dose mantendo o primeiro lugar na listagem. E também ocupa a ponta de destaque para a segunda dose com 19% da população alvo vacinada contra a covid-19.

Para manter a máxima “vacina é no braço” a campanha no Estado deve ser retomada nos próximos dias com a chegada de um novo lote de vacinas ainda hoje (17). Nesta quinta-feira chegam 32.760 doses do imunizante da Pfizer e amanhã  37.400 doses da Coronavac.

Com a nova remessa, Mato Grosso do Sul somará 1.517.720 doses recebidas desde o início da campanha de vacinação. Um novo carregamento com vacinas da AstraZeneca e um carregamento com 38.400 doses da vacina da Janssen são aguardados.

 Mato Grosso do Sul vacinou até o momento 1.412.644 pessoas, sendo 1.021.982 com a primeira dose e 390.662 com a segunda dose.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário