ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Cidades

Ministra quer entregar 2 novas Casas da Mulher Brasileira em 2025

Cida Gonçalves se reuniu com integrantes do partido para prestar contas e pedir empenho na luta pelas mulheres

Por Gabriela Couto | 27/01/2024 11:47
Reunião do PT ocorreu de forma fechada na manhã deste sábado, em Campo Grande (Foto: Gisele Federicce)
Reunião do PT ocorreu de forma fechada na manhã deste sábado, em Campo Grande (Foto: Gisele Federicce)

A Ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, já está em Campo Grande para o evento da próxima segunda-feira (29), quando irá autorizar a construção de duas novas unidades da Casa da Mulher Brasileira, em Dourados e Corumbá. A solenidade está marcada para às 9h, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

A sul-mato-grossense aproveitou a agenda no Estado para trabalhar partidariamente neste fim de semana. Ela se reuniu com integrantes do PT na manhã deste sábado (27), no Hotel Deville, a portas fechadas.

Na oportunidade ela apresentou o balanço das ações da pasta em 2023 e pediu o empenho dos companheiros em defesa das mulheres. Estiveram presente o presidente regional do partido, Vladimir Ferreira, a deputada federal Camila Jara, os deputados estaduais Gleice Jane e Pedro Kemp e o superintendente do Patrimônio da União em Mato Grosso do Sul, Tiago Botelho.

Ao Campo Grande News, Cida confirmou a abertura da licitação da obra da Casa da Mulher Brasileira em Dourados no dia 27 de fevereiro. “Se não tiver problema judicial terá de 30 a 40 dias para assinar contrato. A de Corumbá, o governador terá que fazer a licitação. Acredito que todas as duas casas vão ser para 2025”, destacou.

MInistra das Mulheres, Cida Gonçalves dando entrevista ao final da reunião (Foto: Paulo Francis)
MInistra das Mulheres, Cida Gonçalves dando entrevista ao final da reunião (Foto: Paulo Francis)

A meta para este ano é estabelecer parcerias com o Estado e os municípios. “Queremos fazer outros encontros, e levar a política de lavanderias comunitárias e parcerias na questão da formação das mulheres, principalmente inclusão digital”.

As lavanderias públicas de uso comunitário, são financiadas pelo Ministério das Mulheres. O objetivo é que nesses locais locais ocorram atividades formativas nas temáticas de economia feminista e divisão sexual do trabalho, com a mobilização de mulheres e homens.

A intenção das atividades formativas é provocar reflexão. Cida também já pediu ao governador Eduardo Riedel (PSDB) a criação de um espaço para as mulheres se qualificarem.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas  redes sociais.


Nos siga no Google Notícias