ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  29    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

MS não especifica prioridade de 371 pessoas vacinadas

Pacientes não foram enquadradados em nenhum grupo prioritário; 235 têm menos de 60 anos

Por Guilherme Correia | 09/04/2021 11:52
Profissional mostra dose de vacina Coronavac, que já foi aplicada em mais de 13% dos sul-mato-grossenses (Foto: Marcos Maluf)
Profissional mostra dose de vacina Coronavac, que já foi aplicada em mais de 13% dos sul-mato-grossenses (Foto: Marcos Maluf)

Ao menos 371 pessoas que receberam pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19 em Mato Grosso do Sul não foram enquadradas em nenhum dos grupos prioritários estabelecidos pelo governo federal, conforme dados do Ministério da Saúde.

Eles aparecem, em dados publicados oficialmente há cerca de três semanas atrás, sem nenhuma categoria.

Além disso, a maior parte deles (235) têm menos de 60 anos. Entre os mais jovens, há duas pessoas, de 19 anos, de Maracaju e Bonito.

Os municípios que têm pacientes nessas condições são Dourados (225 vacinados sem categoria), Guia Lopes da Laguna (48), Bonito (39), Terenos (16), Brasilândia (13), Costa Rica (10), Laguna Carapã (8), Maracaju (5), Nioaque (5), Mundo Novo (1) e Três Lagoas (1).

A reportagem questionou o Ministério da Saúde, via e-mail, sobre quais possíveis justificativas para esses números, e aguarda posicionamento. Além disso, MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) também foi acionado, mas sem resposta.

Já a SES (Secretaria Estadual de Saúde) informa que no início da campanha de vacinação, a pasta federal liberou o sistema de inserção de registros sem exigir a inserção de algumas informações. "O e-SUS liberou todos os sistemas deles sem o grupo de atendimento preconizado, com isso temos vários registros sem estes dados".

Diferença de município - A planilha indica qual o município de residência do vacinado e o município onde ele tomou a vacina. Dos pacientes analisados, 27 são de fora do Estado.

Maior parte das movimentações são entre municípios próximos. Dourados, por exemplo, recebeu pessoas de Amambai, Caarapó, Caracol, Deodápolis, Itaporã, Maracaju (2) e Ponta Porã (2).

Jardim levou três pacientes a Guia Lopes da Laguna, enquanto Campo Grande tem nove pacientes que se vacinaram em outro município sul-mato-grossense. Além disso, morador de Panorama (SP) se vacinou em Brasilândia, que fica na divisa com o estado paulista.

Os casos mais atípicos são de moradora de Belo Horizonte (MG), de 36 anos, que se vacinou em Dourados, e morador de Cachoeiro de Itapemirim (ES), vacinado em Laguna Carapã.

Dados - O governo federal divulgou essas informações em 15 de março, e estão disponíveis no link.

Por se tratar de divulgação feita há algumas semanas, são informados cerca de 319,9 mil vacinados em Mato Grosso do Sul, sendo que dados mais recentes do governo estadual indicam que já foram feitas 502 mil aplicações, entre primeira dose (382,6 mil) e segunda dose (117,7 mil).

Como forma de incentivar a transparência e indicar a fonte da qual esta reportagem foi baseada, o levantamento do Campo Grande News encontra-se disponível na íntegra nesta planilha.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário