ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 11º

Cidades

“Não deixe vacina na geladeira”, apela governador por mutirão em todo Estado

Reinaldo Azambuja pediu aos prefeitos que entrem na "semana do mutirão" para ampliar número de imunizados

Por Ângela Kempfer | 22/03/2021 10:58
Governador Reinaldo Azambuja em live na manhã desta segunda-feira. (Foto: reprodução)
Governador Reinaldo Azambuja em live na manhã desta segunda-feira. (Foto: reprodução)

O governo de Mato Grosso do Sul começou a segunda-feira (22) em teleconferência com a participação de 72 prefeitos dos 79 municípios do Estado. A pauta foi mutirão de vacina, com a aplicação da primeira dose durante a semana.

O governo federal garantiu que os estados podem utilizar os estoques, sem se preocupar em guardar vacinas para a 2ª aplicação, porque os repasses agora virão com maior frequência.

“Não deixe vacina na geladeira”, reforçou o governador Reinaldo Azambuja. "Pegue todo o estoque que está na geladeira e vacine. Temos um cronograma que prevê a chegada de um grande volume (vacinas) no mês de abril. Com isso, criamos uma base de proteção aos idosos e de quem tem alguma comorbidade"

Reinaldo também lembrou do isolamento social, fundamental diante da falta de leitos. “Neste momento, o isolamento é a melhor precaução. Entendemos as preocupações de alguns segmentos econômicos, mas é necessário, não tem outro remédio”.

Boletim atualizado - Mato Grosso do Sul registra nesta segunda-feira outras 28 mortes, 13 em Campo Grande. Já são 3.854 óbitos no total em Mato Grosso do Sul. A média móvel ultrapassa 32 mortes ao dia no Estado.

O grau de letalidade também subiu, atualmente está em 1.9. Em todo ano passado, a pior semana foi a 52ª , de Natal, com 154 mortes. Mas na semana passada foram 215.

Veja a evolução da vacina em MS:

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário