ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Nova Caravana da Saúde começará com 68 mil cirurgias na fila

Programa deve focar em reduzir fila de espera, que aumentou durante a pandemia

Por Adriel Mattos | 23/09/2021 14:18
Governo destinará R$ 60 milhões para realizar cirurgias. (Foto: Arquivo/Edemir Rodrigues/Subcom-MS)
Governo destinará R$ 60 milhões para realizar cirurgias. (Foto: Arquivo/Edemir Rodrigues/Subcom-MS)

A SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) recebeu das 79 prefeituras, 68.618 pedidos de cirurgias e 33.002 de exames para a próxima edição da Caravana da Saúde. O Governo do Estado reservou R$ 60 milhões para cirurgias e R$ 20 milhões para exames, já a partir deste ano e no decorrer de 2022.

O objetivo da nova etapa do programa é reduzir a fila de espera, que aumentou durante a pandemia de covid-19. “Temos muitas pessoas aguardando na fila. Por isso, vamos contratar cirurgias e diagnósticos, que são ressonâncias, tomografias, ultrassons, colonoscopia, endoscopia, ou seja, todos os exames parados dentro da regulação”, declarou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A pasta recebeu propostas de 39 hospitais em 34 municípios, em Mato Grosso do Sul, em 94 tipos de procedimentos cirúrgicos e 66 tipos de exames de média e alta complexidade.

O retorno das cirurgias eletivas ocorrerá de forma gradativa e organizada, conforme a capacidade operacional de cada unidade hospitalar e região de saúde, não deixando de priorizar o atendimento de urgência e emergência, como também aos casos de covid-19.

O Hospital Municipal de Anastácio concentra o maior número de pedidos de cirurgias, com 6,7 mil. E a Unidade de Diagnóstico por Imagem de Dourados pediu a maioria dos exames, sendo 11,7 mil. A lista completa pode ser consultada clicando aqui.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário