A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

16/07/2019 07:38

Novembro é escolhido mês de combate à dengue, zika e chikungunya

Mês entra no calendário estadual, oficialmente, em que serão desenvolvidas atividades para evitar proliferação do Aedes aegypti

Silvia Frias
Agente em trabalho de combate ao mosquito, em março deste ano (Foto/Arquivo: Paulo Francis)Agente em trabalho de combate ao mosquito, em março deste ano (Foto/Arquivo: Paulo Francis)

Novembro foi escolhido como o “Mês de enfrentamento à tríplice epidemia: dengue, zika e chikungunya”, em Mato Grosso do Sul, conforme lei publicada hoje no Diário Oficial. O período passa a integrar o calendário oficial do governo estadual.

No período, serão desenvolvidos projetos e ações de combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças. Pela publicação, constam atividades como palestras e cursos em parcerias, campanhas de divulgação e convocação da população para evitar a proliferação.

O último boletim da Secretaria Estadual de Saúde foram 46.330 notificações de dengue este ano, sendo 11 mil casos confirmados em Campo Grande. No total, 24 pessoas morreram da doença, oito na Capital.

Em março, no auge da epidemia de dengue, a prefeitura de Campo Grande decretou situação de emergência, com 7,5 mil notificações em dois meses.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions