ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Oficialmente MS tem 1 novo caso, mas Secretaria já fala em 2ª morte por covid-19

Secretário diz que "tudo indica" que mais uma paciente de Batayporã morreu, a segunda desde o início da doença.

Por Ângela Kempfer | 06/04/2020 11:01
Homem espera ônibus em segunda de retomada do comércio em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)
Homem espera ônibus em segunda de retomada do comércio em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)

Na segunda-feira (6) de retomada gradual e "liberdade vigiada" ao comércio em Campo Grande, o boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde) traz apenas 1 novo caso de coronavírus em Mato Grosso do Sul. A paciente é da Capital, tem 40 anos, e está internada.

Mas o secretário Geraldo Rezende antecipa que amanhã os dados oficiais devem confirmar a segunda morte pela doença no Estado. Uma mulher internada no dia 27 de março teve teste inconclusivo, mas a SES pediu novo exame hoje.

"É uma senhora que faleceu hoje, por volta das 2 horas da madrugada. Todas as evidências mostram que deve ser o 2º caso de morte por covid-19 em Mato Grosso do Sul", disse o secretário, relatando que a senhora de 66 anos tinha agravantes, como diabetes e hipertensão arterial. .

Sônia Regina dos Anjos era de Batayporã e morreu com sintomas da covid-19.
Sônia Regina dos Anjos era de Batayporã e morreu com sintomas da covid-19.

Sônia Regina dos Anjos era de Batayporã, cidade onde também morava a primeira mulher a morrer pela doença no Estado, mas estava internada no Hospital Regional de Nova Andradina. A paciente apresentou sintomas após retornar de viagem para São Paulo, a trabalho.

Ela foi sepultada nesta segunda, com caixão fechado, seguindo o protocolo estabelecidos durante a pandemia.

A SES informa que até terça-feira deve divulgar o resultado do novo exame feito pelo Lacen (Laboratório Central).

Por enquanto, são 66 testes positivos no Estado, seguindo a média de 2 ao dia, que se mantém desde 14 de março, quando o primeiro caso foi registrado aqui, o que demonstra que a doença ainda está sob controle.

 O Estado começa a semana com 726 notificações. Seguem dependendo de resultados outros 63 exames. No Brasil, já são 495 mortes.