A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

30/09/2019 11:01

Para cirurgias eletivas, governo pede R$ 7 milhões ao Ministério da Saúde

Pleitol foi publicado hoje (30), no Diário Oficial do Estado. Agora vai aguardar a autorização da União

Leonardo Rocha
Cirurgia eletiva no Hospital Regional de Dourados (Foto: Divulgação/SES)Cirurgia eletiva no Hospital Regional de Dourados (Foto: Divulgação/SES)

Para ampliar as cirurgias eletivas em Mato Grosso do Sul, o governo estadual pediu R$ 7 milhões ao Ministério da Saúde. Este recurso será usado em diferentes hospitais do Estado, em procedimentos nas áreas de clínica-geral, ortopedia, ginecologia, entre outros, para atender os pacientes que estão na fila.

A informação foi confirmada pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. “Este recurso será usado em um conjunto de cirurgias (eletivas), por isso fizemos esta solicitação, agora esperamos o aval e a liberação da verba”, disse ele ao Campo Grande News.

As cirurgias não serão feitas em apenas uma unidade de saúde e sim em várias espalhadas pelo Estado. “Quando o recurso for liberado haverá o lançamento do edital, inclusive com a tabela já direcionada para atender estas cirurgias eletivas”, explicou Resende.

O pleito ao governo federal foi publicado hoje (30), no Diário Oficial do Estado. Lá a Secretaria requisita os R$ 7 milhões junto ao Ministério da Saúde, em uma parcela única, por meio do Fundo Especial de Saúde, para custeio de ações de média e alta complexidade. “Agora nos resta apenas esperar a autorização do Ministério”.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions