A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Julho de 2019

11/07/2019 16:54

Paraguai deve concluir asfalto em ligação com MS até maio de 2022

Prazo foi destacado pelo governador Reinaldo Azambuja, ao confirmar assinatura de ordem de licitação do projeto de ponte

Humberto Marques e Tainá Jara
Governador confirmou ato em 20 de julho para assinar ordem de serviço de projeto para ponte sobre o Rio Paraguai. (Foto: Kísie Ainoã)Governador confirmou ato em 20 de julho para assinar ordem de serviço de projeto para ponte sobre o Rio Paraguai. (Foto: Kísie Ainoã)

 

 

 

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou na tarde desta quinta-feira (11), em Campo Grande, ter recebido do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, o compromisso de que a rodovia que ligará Mato Grosso do Sul, a partir de Porto Murtinho –a 419 km de Campo Grande–, ao interior do país vizinho será concluída até maio de 2022. A via é considerada um trecho estratégico da rota bioceânica, que garantirá acesso do Brasil aos portos do Oceano Pacífico no Chile e Peru.

“No dia 20 fomos convidados pelo presidente Mario Abdo para estarmos em Carmelo Peralta –cidade paraguaia vizinha a Murtinho– para acompanhar a ordem de licitação do projeto executivo da ponte sobre o Rio Paraguai. Será um ganho extraordinário para todos nós. Estamos felizes porque, neste dia, também vamos visitar os primeiros quilômetros de pavimentação da rodovia”, afirmou Reinaldo, durante a entrega de cobertores e agasalhos a prefeitos do interior, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

A ponte, orçada em US$ 75 milhões, será erguida com recursos da Itaipu Binacional, interligando o Brasil, via BR-267, à rota bioceânica. “O presidente do Paraguai garantiu que em maio de 2022 entrega a rodovia pronta, será um ganho por ser a consolidação da biocêanica, um ganho extremamente importante para a economia de Mato Grosso do Sul”, emendou.

Reinaldo ainda qualificou o trajeto rodoviário –que passará também por Argentina e Chile– como “um sonho da América do Sul”. “Ele vai consolidar a integração entre os Oceanos Atlântico e Pacífico, dando competitividade aos produtos nossos, melhorando o perfil das exportações”, pontuou. A confirmação das obras foi feita na segunda-feira (9) em reunião em Assunção, capital paraguaia.

O governador lembrou que, paralelamente, Porto Murtinho ganhará novos terminais fluviais de carga, um deles já em fase de construção, “fazendo dali um polo de desenvolvimento”.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions