ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  26    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Polícia procura integrante de quadrilha de traficantes que atuava em MS e SP

Quatro integrantes da associação criminosa foram identificados e presos por policiais dos dois estados

Por Ana Paula Chuva | 19/10/2021 14:39
Vitor dos Santos Ribeiro, conhecido como “Vitão” ou “Tim Maia”, segue foragido. (Foto: Polícia Civil)
Vitor dos Santos Ribeiro, conhecido como “Vitão” ou “Tim Maia”, segue foragido. (Foto: Polícia Civil)

Quatro membros de uma associação criminosa voltada para o tráfico interestadual de drogas que atuavam em Mato Grosso do Sul e São Paulo foram presos em ação conjunta entre as polícias civis dos dois estados. A polícia agora busca o 5º integrante da quadrilha, que segue foragido.

A Delegacia de Polícia Civil de Brasilândia, cidade a 382 quilômetros de Campo Grande, fez a identificação de cinco criminosos durante investigação que começou em setembro deste ano, quando dois homens abandonaram um VW Golf com 202 quilos de droga na MS-395, durante fuga de abordagem da Polícia Rodoviária Estadual.

Com auxílio da DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Dracena (SP), identificou os dois homens como moradores da cidade e deu início a operação para capturá-los.

No entanto, durante a operação, outros dois homens que faziam parte do mesmo esquema foram presos no dia 27 de setembro, em flagrante por tráfico de drogas. Além disso, uma mulher foi identificada como integrante da associação criminosa.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Até ontem, os alvos iniciais estavam foragidos, mas equipe da Força Tática da PM prendeu em Dracena, Gabriel Malta Junior e na sequência, a namorada dele, que também tinha mandado de prisão em aberto, se apresentou à Polícia Civil da cidade.

Com isso, quatro dos cinco integrantes da associação criminosa foram presos e agora, a busca é pelo quinto traficante, que segue foragido e foi identificado como Vitor dos Santos Ribeiro, conhecido como “Vitão” ou “Tim Maia”.

Por isso, a Polícia Civil pede que quem tiver informações sobre paradeiro do criminoso, faça uma denúncia anônima no disque denúncia da Polícia Civil de Brasilândia (67) 99919-5990, WhtasApp ou nas Polícias Civil ou Militar de Dracena (18) 3821-3753 ou no 190.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário