ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  11    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Procura por atendimento no Disk Covid aumenta em 30%

Em Campo Grande, testagem da doença também é feita nas unidades de saúde da família

Por Ana Paula Chuva | 19/11/2020 10:33
Testagem sendo feita no drive thru do Corpo de Bombeiros na Capital. (Foto: Paulo Francis | Arquivo)
Testagem sendo feita no drive thru do Corpo de Bombeiros na Capital. (Foto: Paulo Francis | Arquivo)

Com a nova alta dos casos de covid-19 em Mato Grosso do Sul, a procura pelos testes da doença também subiu. De acordo com a SES (Secretaria Estadual de Saúde), no Disk Covid o aumento registrado foi de 30% em uma semana. A Capital é responsável por 80% das ligações.

Conforme a secretaria, o atendimento está acontecendo normalmente no 0800 647 0911, no entanto na última semana o aumento da procura resulta na demora das ligações.

Responsável pelo serviço, o coordenador da testagem,coronel Marcello Fraiha, no atendimento o aumento vem sendo observado há duas semanas.

"Nós tivemos uma elevação nos atendimentos no 0800 de 33%, em número mais preciso. E isso estamos observando há duas semanas. Mas se compararmos a primeira quinzena de novembro com a de outubro, em número de ligações de todo o Estado no Disk Covid o aumento foi de 18%", explicou.

Ele ainda ressalta que a alta demanda é principalmente porque as pessoas esquecem que o exame da covid pode ser feito em outros locais, sobrecarregando o atendimento no Drive Thru.

"As pessoas precisam lembrar que as unidades de saúde também fazem a testagem, assim como a rede privada. O serviço funciona normalmente, o problema é na demanda excessiva de ligações em um único local." destacou.

Unidades de saúde - Nas unidades de saúde a testagem da covid-19 é realizada através de demanda espontânea. Mas o paciente precisa estar no terceiro dia de sintomas e passar pela avaliação médica.

Em Campo Grande, as coletas estão sendo realizadas em ao  menos quatro unidades de saúde da família, sendo elas: do Tiradentes, 26 de Agosto, Parque do Sol e Jardim Batistão.

Boletim - No boletim epidemiológico divulgado ontem, foram confirmadas no Estado  duas mortes e 689 infectados pela doença em 24 horas, fazendo Mato Grosso do Sul chegar  a 1.699 óbitos e 89.654 casos acumulados desde o início da pandemia.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário