A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

10/05/2019 16:34

Rapaz que manteve ex em cárcere é preso ao se aproximar da vítima

Rapaz de 24 anos estava com tornozeleira eletrônica e foi preso após se aproximar da casa da ex-namorada de 19 anos

Silvia Frias e Clayton Neves
Rapaz de 24 anos foi preso e levado para a Deam, em Campo Grande (Foto/Arquivo)Rapaz de 24 anos foi preso e levado para a Deam, em Campo Grande (Foto/Arquivo)

Policiais da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) prenderam esta tarde o rapaz de 24 anos que agrediu e manteve refém a ex-namorada de 19 anos no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. O crime aconteceu na terça-feira (7) e ele foi preso em flagrante com um amigo, que o auxiliou.

Segundo a delegada Joilce Silveira Ramos, da Deam, esta segunda prisão aconteceu por volta das 12h, depois que policiais militares constataram que estava próximo da casa da jovem, descumprindo a determinação judicial de distância mínima de 300 metros.

O aviso da proximidade foi dado por meio da UPR (Unidade Portátil de Rastreamento), o dispositivo que a jovem recebeu da Justiça para monitorar a localização dela em cruzamento com a dele, que passou a ser monitorado com a tornozeleira eletrônica desde o flagrante do caso.

O rapaz disse que não tinha intenção de se aproximar da jovem, que estava no carro com a mãe e não percebeu a proximidade da região onde a ex-namorada mora. O advogado Izidro Moraes, que o representa disse que está se informando sobre caso e vai entrar com pedido de liberdade provisória hoje.

A delegada contou que, no ato da prisão em flagrante, no dia 7, a delegada havia pedido prisão preventiva, que foi negado pela justiça, sendo determinado o uso da tornozeleira. Agora, a juíza Jacqueline Machado, da 3ª Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher irá avaliar a situação, podendo decretar a prisão preventiva, por ter descumprido a medida protetiva.

Crime - Conforme o registro policial, o ex-namorado foi até o carro onde a jovem estava com a amiga e retirou a vítima pelos cabelos de dentro do veículo. Ela foi colocada à força dentro de um Fiat Mobi, que pertence ao amigo do autor, e levada para a casa do ex. No local, a jovem foi agredida e mantida em cárcere pela dupla.

A Polícia Militar foi acionada e se deslocou até o endereço, no bairro Monte Castelo, mas os rapazes não atenderam o chamado. Os militares invadiram a casa e encontraram a vítima nua e molhada, enrolada em um cobertor e com vários hematomas no rosto e mordidas pelo corpo.

O acusado nega as acusações e diz que ela foi agredida quando ele tentou forçá-la a entrar no carro e, quando os amigos dela tentaram defendê-la, acabaram por desferir socos na jovem. A polícia não acredita nessa versão, pois ele não teve qualquer hematoma enquanto ela estava desfigurada.

O rapaz será indiciado por lesão corporal, ameaça, injúria, cárcere privado e descumprimento de medida protetiva.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions