A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

20/03/2019 16:59

Redução no estoque de bolsas de plaquetas chega a 90% no Hemosul

Número de bolsas da tipagem “O” negativo deveria ser oito vezes maior que o atual

Humberto Marques
Hemosul pede à população que colabore com doações de sangue, falta de tipagem O prejudica estoques. (Foto: Arquivo)Hemosul pede à população que colabore com doações de sangue, falta de tipagem "O" prejudica estoques. (Foto: Arquivo)

O estoque de bolsas de plaquetas do tipo “O” positivo e “O” negativo está bem abaixo de ideal no Hemosul de Campo Grande. São necessárias 45 unidades diárias de cada tipo sanguíneo. Conforme o centro de coletas, na manhã desta quarta-feira (20), havia 34 bolsas de plaquetas do primeiro tipo e apenas cinco de “O” negativo.

Nesses dois casos, a redução no estoque varia de 30% a 90%. A situação mais crítica, segundo o Hemosul, é do número de bolsas de plaquetas “O” negativo, que deveria ser oito vezes maior.

O Centro de Coleta alerta para o estado de urgência no estoque, uma vez que a demanda está alta. O principal uso dessas bolsas é a oncologia (pacientes em tratamento contra o câncer) e a alguns casos de dengue hemorrágica.

Para a reposição das estoque de plaquetas, o Hemosul solicita à população que colabore com a doação de sangue comum, a ser realizado em uma das unidades de coleta do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions