A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

01/09/2019 14:16

Rim de doadora de MS viaja 844 km para chegar até paciente em Goiás

Este ano, equipe do governo do estado já realizou 19 missões de transporte, a última no sábado

Izabela Sanchez
Equipe de transporte de órgãos de MS (Foto: Divulgação)Equipe de transporte de órgãos de MS (Foto: Divulgação)

Um dos rins de uma doadora de 36 anos, de Dourados, a 233 km de Campo Grande, “viajou” aproximadamente 844 km de Campo Grande para chegar até o paciente que irá recebe-lo em Goiânia (GO). A “viagem” é parte da 19ª missão de transporte de órgãos realizado pelo governo de Mato Grosso do Sul.

Foram doados dois rins e duas córneas, trazidos de Dourados, do Hospital da Vida, para a Santa Casa em Campo Grande, onde será realizado o transplante do outro rim e das córneas. Transplantes que só são possíveis pelo auxílio da Casa Militar, que disponibiliza aeronave e pilotos.

Chefe da Casa Militar, o Coronel da Polícia Militar Nelson Antônio da Silva explicou que a missão ocorreu durante a tarde de sábado (31). Participaram da operação de transporte, além dos dois pilotos, um médico e um enfermeiro.

Coordenadora da central de transplantes da SES (Secretaria Estadual de Saúde) Claire Carmem Miozzo explicou que as operações são delicadas e levam em conta o tempo em que cada órgão pode ficar fora do corpo, antes que seja “perdido”.

Os rins, por exemplo, ficam disponíveis apenas por 24h. Coração e pulmão, 4h e as córneas um tempo maior: até 14 dias. “Um rim daqui já foi transplantado e o outro foi pra Goiás. A Dra. tinha que fazer o teste para analisar para qual receptor era melhor ser transplantado”, explicou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions