ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Secretaria viabiliza 2,4 mil equipamentos de proteção a profissionais de MS

São máscaras feitas com placas de acetato, produzidos por técnicos do IFMS

Por Leonardo Rocha | 24/05/2020 16:35
Máscaras de placas de acetato para proteção individual (Foto: Divulgação)
Máscaras de placas de acetato para proteção individual (Foto: Divulgação)

A Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) viabilizou a produção de 2,4 mil equipamentos de proteção individual aos profissionais que trabalham na “linha de frente” no tratamento de casos de coronavírus, em Mato Grosso do Sul.

Esta articulação ocorreu com os sindicatos rurais de Campo Grande, Rochedo e Corguinho, que repassaram os insumos necessários para confecção de máscaras feitas com placas de acetato, feitas por técnicos do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul).

“Eles compraram os insumos necessários para a impressão e confecção das máscaras, que incluíram o filamento, o perfurador e as folhas de acetato”, detalhou a diretora de empreendedorismo e inovação do IFMS, Ivilaine Pereira.

A ideia inicial era fazer 600 máscaras, no entanto com os pedidos redobrados das unidades de saúde, o IFMS requisitou aos parceiros a compra de mais folhas de acetado, chegando a soma de 2,4 mil equipamentos. Estes itens foram distribuídos a cidades como Campo Grande, Aquidauana, Dourados e Ponta Porã.

A produção segue o trabalho durante todos os dias desde o dia 17 de março. Estes equipamentos já seguiram, por exemplo, para Secretaria de Saúde Indígena (Aquidauana), Corpo de Bombeiros de Dourados e Hospital Regional de Ponta Porã.