ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Taxa de isolamento em julho repete números baixos do mês anterior

Índice neste começo de julho está em 37,2%, considerado preocupante pela saúde pública

Por Leonardo Rocha | 02/07/2020 12:55
Área central de Campo Grande (Foto: Chico Ribeiro - Governo MS)
Área central de Campo Grande (Foto: Chico Ribeiro - Governo MS)

A taxa de isolamento em julho começou com índice de 37,2%, abaixo do recomendado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), que é de 60%, além de  repetir o percentual preocupante do mês anterior. O cenário só foi positivo neste final de semana, quando houve a queda da temperatura.

De acordo com o governo, a população não repete o mesmo índice de isolamento que houve nos primeiros meses de pandemia, que se chegou a metade da população. O resultado é o aumento exponencial de casos de covid-19 nas últimas semanas, em Mato Grosso do Sul.

No levantamento feito ontem (01), Campo Grande está com 36,4% (índice de isolamento), Dourados (40,2%), Rio Brilhante (42,2%), Corumbá (39,5%), Três Lagoas (38,9%), Guia Lopes da Laguna (42,6%) e Fátima do Sul, 41,6%.

Entre as cidades com as melhores performances no Estado está Juti, com 61,7%, seguido por Laguna Carapã (51,9%) e Nioaque (49,7%). Já as que apresentaram os menores índices neste começo de julho: Anaurilândia (21,7%), Bodoquena (27,9%) e Alcinópolis (29,9%). (Confira a lista completa)

Já Campo Grande, com 36,4%, está na penúltima colocação neste quesito, em comparação com as demais capitais do Brasil. Na cidade as regiões da Vila Nasser, Moreninhas, Núcleo Industrial, Nova Campo Grande e Jardim das Cerejeiras são consideradas as mais movimentadas.

Recomendação - O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, insiste que o isolamento social ainda é a melhor medida de prevenção e que quanto menor o índice, maior será o contágio no Estado. “Se conseguirmos melhorar os índices de isolamento social, nós vamos conseguir achatar a curva de crescimento da covid e evitar o colapso da saúde pública”, ponderou.

Mato Grosso do Sul chegou a 9.062 casos registrados de covid-19, tendo 386 confirmados nas últimas 24 horas. Até o momento 91 pessoas morreram em decorrência da doença no Estado.