ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Tenente da Polícia Militar morre por complicações da covid-19

Pelo menos outros 5 profissionais de segurança já morreram por conta da covid-19, em MS

Por Adriano Fernandes | 12/04/2021 23:59
Milkson Arestides Alves. (Foto: Direto das Ruas)
Milkson Arestides Alves. (Foto: Direto das Ruas)

O 2º Tenente da PM (Polícia Militar) Milkson Arestides Alves, morreu na tarde desta segunda-feira (12), devido à complicações da covid-19. Milkson ingressou como soldado na Polícia Militar de Mato do Sul em 1988 e foi comandante da Polícia Militar de Água Clara

Na região do 13º Batalhão, já como 2º Tenente, comandou o 3º Pelotão da cidade de Inocência por cerca de quatro anos, onde encerrou sua carreira por ter completado trinta anos de serviço. Ele também era ex-marido da atual prefeita de Água Clara, Gerolina (PSD).

"O comandante e toda a família do 13º Batalhão lamentam profundamente a perda e neste momento de imensa dor, transmitem seus sentimentos aos familiares e amigos, e rogam a Deus para que conforte os corações enlutados", diz nota de pesar divulgada pela PM.

Corporação em luto - Pelo menos outros cinco profissionais de segurança já morreram por conta da covid-19, em Mato Grosso do Sul, desde o início da pandemia. A primeira morte de profissional da segurança, pela covid-19, foi registrada em agosto, o delegado aposentado da Polícia Civil, Edmir Camarini faleceu após complicações da doença. No início de novembro Malk Anderson Valdonado Pereira, sargento da PM, também perdeu a luta contra o novo coronavírus.

José Valdo Assiole de Oliveira, subtenente da reserva remunerada da PMMS, foi a terceira vítima da doença e faleceu dia 27 de novembro. Já Renato Alexandre Zanoni, 1º sargento da PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), morreu no último dia 09 de dezembro. Em 4 de janeiro deste ano quem perdeu a vida para a doença foi o 2° Sargento da PM (Polícia Militar) Marcos Antônio Pezzolante Junior.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário