ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

Visitas a penitenciárias voltam a ser suspensas em Mato Grosso do Sul

Mais de 50 policiais penais estão afastados para tratamento da covid-19, conforme boletim da Agepen

Por Adriel Mattos | 26/01/2022 07:55
Estabelecimento Penal de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Estabelecimento Penal de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

A Agepen-MS (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul) voltou a suspender as visitas aos estabelecimentos prisionais. A portaria foi publicada na edição desta quarta-feira (26) do Diário Oficial Eletrônico.

Ao determinar a medida, o diretor-presidente da autarquia, Aud de Oliveira Chaves, levou em conta a nova onda da pandemia de covid-19 e a epidemia de gripe (Influenza “A” H3N2). A suspensão será de 29 de janeiro a 13 de fevereiro.

Boletim epidemiológico divulgado pela Agepen na terça-feira (25) apontou que o sistema prisional soma 5,5 mil casos, sendo 4,8 mil entre os internos. Cinco policiais penais, oito detentos e seis monitorados eletronicamente morreram em decorrência da doença.

Em um mês, o número de contaminações aumentou exponencialmente. O último boletim de 2021, divulgado em 22 de dezembro, mostrou apenas três policiais penais afastados para tratamento. No levantamento mais recente, 55 estão em isolamento, assim como 123 detentos.

Nos siga no Google Notícias