A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Março de 2019

25/01/2019 15:06

Reinaldo diz que ministério irá viabilizar recursos para recuperar Taquari

Segundo governador, ideia é usar parte dos R$ 6 bilhões que fazem parte do fundo criado com pagamento de dívidas ambientais

Silvia Frias
Governador, em reunião no Ministério do Meio Ambiente (Foto/Divulgação)Governador, em reunião no Ministério do Meio Ambiente (Foto/Divulgação)

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, disse que recebeu garantia do Ministério do Meio Ambiente de viabilizar a recuperação da Bacia do Rio Taquari, utilizando parte dos R$ 6 bilhões que estão no caixa da União. Os valores fazem parte de fundo criado a partir do pagamento das dívidas de quem cometeu crimes ambientais.

“Queremos o projeto definitivo para recuperação de um dos maiores desastres ambientais do Brasil, que é o assoreamento do Taquari. Tenho certeza que teremos andamento produtivo de ações e parcerias”, disse Reinaldo, após a reunião com o ministro. O encontro também teve a participação do secretário Especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Nabhan Garcia e do secretário de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Gilson Machado Guimarães Neto.

A proposta é aproveitar os projetos já apresentados à pasta no ano passado para que o Ministério publique o edital do Programa de recuperação da bacia do Rio Taquari. O texto vai prever, entre outras coisas, linhas de crédito subsidiadas aos produtores afetados pela degradação ambiental, garantindo além da recuperação ambiental, a reparação social e a parte econômica.

A intenção é aproveitar R$ 6 bilhões relativos a dívidas com a União de quem cometeu crime ambiental. Parte desse valor pode ser usada no programa de recuperação do Taquari, uma vez que os devedores de multas ambientais vão poder compensar a dívida, obtendo um desconto de até 60% no valor devido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions