A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/08/2011 21:32

Campo Grande registra primeiro caso de raiva canina após 23 anos

Francisco Júnior e Edmir Conceição

O cão infectado foi encontrado no Jardim Anache, zona Norte de Campo Grande. Moradores foram orientados pelo CCZ a manterem seus animais presos.

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Campo Grande constatou caso de raiva canina em um animal encontrado morto. De acordo com a assessoria da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o resultado que atestou a causa da morte ficou pronto no dia 5 deste mês.

O órgão deve convocar vacinação emergencial na região onde o cachorro foi encontrado, para evitar novos casos. Campo Grande não registrava caso de raiva em cães e gatos, segundo declaração da diretora do CCZ, Júlia Maksoud, à TV Morena, há pelo menos 23 anos.

O cão infectado foi encontrado morto no Jardim Anache, zona Norte de Campo Grande. Em toda região os moradores foram orientados pelo CCZ a manterem seus animais presos.

De acordo com a Sesau, no dia 12 de julho, um menino no Jardim Anache foi ferido na mão por um cão que pertencia à avó e depois de 10 dias sob observação o animal morreu, sendo recolhido pelo CCZ, que coletou amostras. No dia 5 saiu o resultado positivo.

Os sintomas da raiva nos cães e gatos são percebidos pela mudança de comportamento, de hábitos alimentares, salivação abundante e dificuldades em comer. A raiva é transmitida pelo contato com a saliva do animal infectado.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...


Pergunto : Se um cão for vacinado quando já estiver contaminado com o viros da raiva, é possivel que ele transmita a doença para uma pessoa e depois se cure pela vacina, não vindo a apresentar os sintomas da doença, e dessa forma mascare o mau, que poderá se manifestar mortalmente apenas na pessoa?
 
Abdalla Miguel Antonio em 21/01/2012 04:11:57
Quanto ao comentario da srª GILCELLI, correto a atitude do CCZ em recolher os animais de tal rua. É triste para a senhora que possivelmente teve seu animal recolhido? É mas, é para o bem comum de todos pois se os mesmos "suspeitos" permanecerem ali poderiam infectar a cidade toda sendo assim o prejuizo maior. Quanto essa historia me recordei há um tempo uns 2011 anos atraz quando um Senhor teve que sacrificar seu unico filho para o bem comum de todos os seres desta Terra! E observe que nem todos sao gratos a ele por este feito. Obrigado!
 
Renan Oliveira em 12/08/2011 10:15:43
Triste é quando um familiar su morrer de raiva porque um desses cachorrinhos não foi sacrificado. Abre seu olho....
 
JOÂO JUDAS em 12/08/2011 10:01:37
AQUI NO BRASIL E MS, TUDO É MOTIVO PRA SACRIFICAR, CÃES! ISTO É FALTA DE COMPÊTENCIA!
 
JULIO COELHO em 12/08/2011 08:50:23
Sempre apoiei o trabalho do CCZ, sempre estão atentos a saúde desses animais! só tenho a parabenizar e agradecer pelo trabalho!
 
DÓROTHY NUNES em 12/08/2011 08:45:45
Eles falaram pra manter os cães presos, só que eles recolheram todos os cães dessa rua, até os que ficavam presos para levar para o sacrifício... muito triste!
 
Gilcelli Rodrigues em 11/08/2011 10:25:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions