A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/12/2012 10:50

A partir de janeiro, pedágio fica mais caro na ponte em Corumbá

Paula Maciulevicius

O Governo do Estado reajustou o pedágio da ponte sob o rio Paraguai, na BR-262, em Corumbá. Publicados no Diário Oficial nesta quarta-feira, os valores passam a valer a partir do dia 1° de janeiro de 2013.

Cobrado desde 2008, o pedágio foi reajustado apenas uma vez, em 2011. No Diário Oficial, o secretário de Obras Públicas e de Transporte, Wilson Cabral alega que o reajuste corresponde às altas significativas nos custos de manutenção da ponte que ocorreram ao longo dos anos.

As motocicletas que antes pagavam R$ 3,30, dentro dos novos valores, passam a pagar R$ 4,60. Os veículos de passeio e utilitários, de R$ 5,50, terão de pagar R$ 7,70, a partir de janeiro.

Já para os veículos com reboque de eixo simples ou duplo, será cobrado R$ 11,60, apenas R$ 0,60 a mais do que o cobrado até hoje.

Para janeiro de 2013, o Governo do Estado fracionou os valores seguindo pelo número de dois até nove eixos para veículos com reboque de eixo duplo isolados. Anteriormente, os veículos considerados pesados, como caminhão e ônibus com mais de três eixos, pagavam apenas R$ 22.

Agora, pela nova publicação, ônibus, microônibus e caminhões vão pagar de pedágio de R$ 15,40 até R$ 69,30, conforme o número de eixos.

Ficam isentos da cobrança do pedágio, os condutores de veículos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive de autarquias e fundações, assim como veículos pertencentes aos Estados estrangeiros e destinados às suas representações diplomáticas.



O pedagio apenas da ponte custará R$7,70? Enquanto os pedagios que conheço no Paraná, por trechos de centenas de Km, variam entre R$8,00 e R$13,00.
 
Romeu Luitz em 26/12/2012 11:43:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions