A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 09 de Dezembro de 2018

03/08/2009 15:04

Acidentes caem, mas número de mortes bate recorde em BRs

Redação

Um ano após a Lei Seca, que reduziu a zero a tolerância de bebida alcoólica no organismo dos condutores, o número de mortes bateu recorde nos 3,1 mil quilômetros de rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Apesar da redução de 2,7% na quantidade de ocorrências, houve crescimento de 160% na de óbitos.

O recorde coincide com o lançamento da campanha pela duplicação da BR-163, a recordista em tragédia, lançada pelo OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional sul-mato-grossense) e lojas maçônicas. O DNIT (Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes) descartou a medida por falta de previsão orçamentária.

De 1º a 31 de julho deste ano, acidentes de trânsito mataram 26 pessoas nas rodovias federais, aumento de 160% em relação as 10 vítimas do mesmo período do ano passado. Supera o número dos outros três anos anteriores: 2007 (nove mortes), 2006 (18) e 2005 (19).

O número de mortes em julho, com 14 ocorridas na BR-163, entre Campo Grande e Sonora, elevou em 22% o total registrado nos sete meses deste ano. Foram 107, contra 87 contabilizadas no mesmo período do ano passado.

Acidentes

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions