A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/06/2008 15:55

Acordo faz garis suspenderem greve prevista para amanhã

Redação

Reunião realizada esta tarde no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) colocou fim à possibilidade de greve dos garis de Campo Grande. A empresa ofereceu salário de R$ 435,00 e tíquete alimentação de R$ 230,00 e, desta maneira, conseguiu barrar a paralisação dos trabalhadores.

De acordo com o secretário do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação, Wilson Soares dos Santos, o valor representa 8,75% de aumento e contempla a categoria. Os trabalhadores reivindicavam reajuste de 15% no salário-base, que chegaria a R$ 460,00, aumento do vale-alimentação para R$ 200,00, contra os R$ 180,00 pagos atualmente e gratificação de R$ 250,00 ao mês por esforço físico. O pagamento do auxílio refeição ficou condicionado à presença do trabalhador. Em caso de falta não justificada, o tíquete é descontado proporcionalmente.

Na semana passada, os trabalhadores fizeram paralisação de duas horas para forçar a empresa Financial, responsável pela coleta de lixo na Capital, atender às reivindicações da categoria. Eles ameaçaram entrar em greve por tempo indeterminado a partir de amanhã, caso a conciliação não fosse definida hoje.

Mudança

Impasse no processo eleitoral da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação resultou em uma questão judicial, que suspendeu o pleito previsto para os dias 03 e 04 de abril. Durante 60 dias, Wilson Gomes da Costa assume a presidência da entidade, até a realização do processo eleitoral.

Uma chapa de oposição ao presidente Jair de Souza Lima, vencedor da eleição que o colocou na diretoria para o triênio 2006

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions