A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/07/2009 13:29

Adolescentes condenados por espancamento e morte de Dudu

Redação

Os três adolescentes presos pelo assassinato de Luiz Eduardo Gonçalves, o Dudu, foram condenados a três anos de prisão. O crime aconteceu no fim de 2007, no Jardim das Hortênsias.

A decisão é do juiz da Vara da Infância e Juventude, Danilo Burin, e foi proferida em junho. Os jovens estão em Uneis (Unidade Educacional de Internação), de Campo Grande.

Entre os adolescentes há uma menina. Dois deles são irmãos. Estes são também irmãos de Holly Lee de Souza, 22 anos, mais um acusado pelo crime.

Holly Lee responde a processo que tramita na 2ª Vara do Tribunal do Júri. Também é apontado como réu na mesma ação José Aparecido Bispo da Silva, o Cido.

Cido é ainda acusado de ser o mandante do assassinato. De acordo com a Polícia Civil, ele matou Dudu para se vingar da mãe do menino, Eliane Martins.

Eliane e Cido tinham tido um relacionamento amoroso. Ele queria reatar, mas ela não. Como vingança, Cido matou Dudu.

O menino foi submetido à sessão de tortura e espancado até a morte no próprio dia em que desapareceu, em 22 de dezembro de 2007. O corpo dele foi enterrado e depois retirado do local, esquartejado e queimado, em uma tentativa de dificultar a identificação.

O laudo inicial de análise feita nos fragmentos de ossos encontrados em março em um terreno na saída para São Paulo indica que são ossos humanos, compatíveis com uma pessoa com idade entre 8 e 18 anos, com carbonização antiga e sobre os quais já havia inclusive raiz vegetal.

A peça-chave para que a polícia solucionasse o caso foi a apreensão, no fim do ano passado, de um adolescente, por outro delito. O menino é um dos que participou do espancamento e assassinato da vítima. Desconfiados, os policiais cercaram o garoto e, após um mês de investidas, conseguiram obter informações sobre o caso Dudu.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions