A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/08/2009 13:28

Advogado de suspeito de atirar em PM procura Polícia

Redação

O advogado da família de Danilo dos Santos Rosa, 27 anos, já entrou em contato com a Polícia Civil, responsável pela investigação da tentativa de homicídio contra o capitão da PM (Polícia Militar), Anderson Luís Alves Avelar, 38 anos, ocorrida há uma semana, na Vila Sobrinho, em Campo Grande.

De acordo com a Polícia Civil, o advogado foi chamado para atuar no caso a pedido do pai de Danilo. Ele esteve na 7ª Delegacia de Polícia Civil para se interar dos fatos, mas não falou em apresentar Danilo.

Danilo e o amigo Daniel Viana, estavam em uma Falcon, quando foram abordados pelo policial, que estava na motocicleta de trabalho, e suspeitou dos rapazes.

Houve troca de tiros e Danilo fugiu na motocicleta que conduzia e Daniel a pé.

Danilo abandonou a moto em uma borracharia, foi na casa dele, trocou de roupa, fez curativo em ferimentos provocados por tiros e fugiu.

Daniel, que era passageiro da moto e também suspeito de atirar no oficial, foi morto quando estava escondido em cima de uma árvore.

Após a troca de tiros, Polícia encontrou duas pistolas usadas pelos suspeitos. O oficial do 1º Batalhão foi ferido no pé. Um tiro também atingiu o relógio de pulso dele e outro as costas do colete balístico, já que o capitão estava a serviço.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions