A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/02/2008 11:12

Agepen abre processo contra acusados de comprar diploma

Redação

A Agepen (Agência de Administração do Sistema Penitenciário) de Mato Grosso do Sul vai abrir processo administrativo contra os 23 funcionários acusados de comprar diplomas para conseguir enquadramento na lei que exigiu cargo superior para os cargos do órgão. A informação foi repassada nesta manhã a integrantes do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Mato Grosso do Sul, durante visita do diretor-presidente da agência, Ilton Vilassanti, à Colônia Penal Agrícola de Campo Grande.

Segundo o presidente do Sindicato, Fernando Anunciação, Vilassanti informou que vai esperar chegar à Agepen o inquérito da PF, concluído no dia 8 de fevereiro, para que os processos administrativos sejam abertos. A lei que rege os servidores públicos prevê como punição máxima para servidores investigados a demissão.

Os 23 funcionários indiciados pela PF, entre eles diretores de presídio e titulares de cargos importantes, são acusados de estelionato e uso de documento falso. Eles teriam pago valores próximos de R$ 5 mil por diplomas de nível superior.

O presidente do Sindicato disse que a entidade defende punição para os culpados. Anunciação definiu como

Justiça do Trabalho faz acordos de R$ 6,5 milhões no Estado
A Justiça do Trabalho teve 355 acordos que somaram R$ 6.512.934,87 durante a Semana da Conciliação em Mato Grosso do Sul. Na iniciativa, realizada en...
Ministério da Saúde suspende incentivos da atenção básica em MS
O Ministério da Saúde suspendeu, nesta sexta-feira (15), repasse extra à atenção básica para sete municípios de Mato Grosso do Sul. Isso porque eles ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions