A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/01/2010 16:59

Agepen muda escolta de presos para evitar álibi falso

Redação

A Agepen (Agência do Sistema Penitenciário) garante que vai mudar a forma de escolta de presos da CPA (Colônia Penal Agrícola) para consultas em posto de saúde.

Ao saber de denúncias feita ao Campo Grande News por profissionais do posto da Vila Almeida, de que presos do semi-aberto têm usado atendimentos como álibi, para justificar ausências da unidade prisional, a Agepen decidiu mudar a forma de acompanhamento desses detentos.

Segundo o major Pedro Cesar Figueiredo, diretor interino do órgão, agora os agentes penitenciários vão permanecer com os presos até que eles sejam atendidos, para evitar que eles saiam do posto durante a espera pelo atendimento.

A Agepen explica que os detentos tem sido liberados para irem até o posto por conta da epidemia de dengue na região da Colônia Penal.

Como o efetivo de agentes é pequeno e por causa da demora para a consulta, os servidores costumam deixar o detento no posto e voltar para a CPA, retornando apenas no fim da tarde para levar o preso de volta à Colônia.

Diante da suspeita levantada pelos profissionais do posto, Figueiredo afirma que os agentes ficarão todo o tempo ao lado dos detentos.

O "esquema" identificado na Vila Almeida seria de forjar os horários de permanência nos postos, para praticar crimes e depois escapar de acusações mostrando o comprovante de atendimento à direção da CPA.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions