A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/11/2008 18:07

Albano Franco é adaptado para receber Expoinel 2008

Redação

Para receber Expoinel 2008, a primeira feira agropecuária indoor de Mato Grosso do Sul, considerada a maior mostra de Nelore do Estado, o Centro de Convenções e Exposições Albano Franco passou por algumas adaptações.

O evento é realizado pela Associação Sul-Mato-Grossense dos Criadores de Nelore e fecha o Ranking Regional 2007/2008, além de cumprir mais uma etapa do Ranking Nacional da Associação.

Entre as mudanças feitas no Pavilhão, que vai receber cerca de 1.200 animais até o fim do evento, foram construídos na área externa lavatórios e ainda instalados cochos e climatizadores.

Nas baias, onde irão permanecer os animais, foi usada serragem com aditivos que impedem o forte odor. A expectativa é que o evento receba 30 expositores, que na ocasião vão expor desde ração a medicamentos para animais. Também serão repassadas informações da cadeia produtiva da carne e sobre melhoramento genético da raça, para incentivar a produção de qualidade.

A feira tem início hoje, com a chegada dos animais, mas a abertura oficial acontece no sábado com a presença de autoridades de todo Estado, incluindo o governador André Puccinelli (PMDB) e o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Marcolino Longen. Serão 15 leilões em dez dias de evento.

Emissoras de televisões de redes nacionais especializadas no agronegócio também farão transmissões ao vivo da pista de julgamento e dos leilões.

Para o vice-presidente da Associação dos Criadores de Nelore de Mato Grosso do Sul, César Machado, a expectativa é grande por ser a primeira vez de realização do evento em um ambiente fechado.

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions