A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/09/2012 11:49

Governo cobra saída de presos federais dos presídios estaduais

Aline dos Santos e Paula Vitorino
Governador exige que União pague ou retire presos. (Foto: Minamar Júnior)Governador exige que União pague ou retire presos. (Foto: Minamar Júnior)

O governador André Puccinelli (PMDB) cobrou hoje que a União retire do sistema penitenciário estadual os presos federais. “Estamos cobrando o custo unitário de R$ 1.400 de cada um dos presos de crime federais. Pedindo audiência, que negócio é esse de 1.400 presos federais, que levem para os seus presídios. Eles tirem os presos deles que cabem os nossos tranquilamente”, afirmou o governador, que participou de homenagem ao Dia do Agente Penitenciário.

Os presos federais são os detidos por tráfico de drogas e crimes federais.

Puccinelli também “puxou a orelha” do governo federal pelas exigências na construção de novas unidades prisionais.

O governador afirmou que foram feitos projetos, que custam tempo e dinheiro, para obter recursos de R$ 21 milhões de parceria com o governo federal para construção de novas unidades.

“Aí veio nova normativa do Ministério da Justiça dizendo que não, daquela forma não seria mais possível fazer os presídios. Teria que ter berçário para as acompanhantes dos visitantes", enfatiza.

E ainda ironizou a exigência: "Um dia chegaremos a ser a Suíça. Mas com as condições que temos agora o governo federal vem cobrar até isso?".

O Estado tem déficit de 4,6 mil vagas no sistema penitenciário. São 11,1 mil presos e uma capacidade de abrigar 6.487 pessoas. Na análise do governador, Mato Grosso do Sul não é dos mais “ensardinhados” e a situação melhorou. “Mato Grosso do Sul, das pocilgas do passado, tem o regime aberto reconhecido, como um dos melhores do nosso país”.

Governador recebe medalha em comemoração ao dia do servidor penitenciário
O governador André Puccinelli (PMDB) começa a semana comemorando o Dia do Servidor Penitenciário Estadual. A solenidade está marcada para 8h, no Cent...
Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


Quanta falta de conhecimento demonstrada nessa fala. O ministério da justiça cumpre normas do Poder judiciário, baseado nas leis criadas pelos bonitinhos Parlamentares. O Governo Federal, ou Executivo cumpre Lei. Quem tem que mudar tudo isso é os Dep. Fed. E Senadores que são exageradamente pagos para isso. O povo precisa saber quem é culpado.
 
luiz alves em 25/09/2012 08:01:29
Eles deveriam por esses safados para trabalhar, e indenizar as vitimas, que eles fizeram,tem tantos homem limpando as estradas ,as beiras das ruas porque não bota esses malandros para trabalhar.enquanto o salario do trabalhador é de miseria,o auxilio reclusão é bem maior ......gente até quando vamos sustentar vagabundos.....
 
maria luiza em 24/09/2012 06:31:27
Um Estado Sério, Utopia.
se fosse criado presidios com regimes de trabalho em fazendas, estradas, acorrentados, claro. ha! trabalha para pagar a divida com a sociedade, sem remuneração, sem redução da pena; isso aumentara as vagas, pois o individuo vai pensar mais antes de praticar um crime. berçário para as acompanhantes dos presos, é rir da cara do cidadão que paga impostos.
 
Elias Jaguar em 24/09/2012 05:17:00
Eles deviam para de jogar o problema de um lugar para outro e se unir na busca por uma solução.
 
Viviane Castro em 24/09/2012 02:50:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions