A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/03/2014 12:59

André diz que rodovias privatizadas terão pedágio, em média, de R$ 4,20

Leonardo Rocha
André ressaltou que rodovias privatizadas irão ajudar no escoamento da produção (Foto: Arquivo)André ressaltou que rodovias privatizadas irão ajudar no escoamento da produção (Foto: Arquivo)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que, as 11 rodovias que serão repassadas à iniciativa privada, durante um período de 30 anos, terão, em média, a cobrança de pedágio no valor de R$ 4,20.

“Já estamos desenvolvendo os estudos necessários para colocar os lotes a disposição para concorrência, mas já calculamos que o valor será em média de R$ 4,20, que terá sua atualização de acordo com a inflação”, ressaltou ele.

Puccinelli elogiou o papel dos deputados estaduais que puderam analisar e votar o projeto ainda neste mês e assim poderá adiantar o próximo passo que é o processo de licitações.

“Eu pedi o apoio e a agilidade do legislativo, já que depois da aprovação da lei, levará em torno de seis meses para concretizar este processo e seguirmos para a licitação a iniciativa privada”, apontou ele.

O governador fez questão de dizer que estas rodovias terão manutenção e adequações necessárias e irão ajudar no escoamento de produção do Estado, assim agregando ao trabalho que está sendo desenvolvido para a pavimentação e recapeamento da malha viária de Mato Grosso do Sul.

“Irá trazer muitos benefícios para o Estado, que além de dispor de mais segurança, teremos rodovias em melhores condições para contribuir com a economia local”, disse.

Proposta – Foi publicada hoje (19) no Diário Oficial do Estado a lei que autoriza o executivo a fazer a concessão de 11 rodovias estaduais para iniciativa privada. Com esta proposta, esta concessão terá um prazo de 30 anos, podendo ser prorrogada.

De acordo com o secretário estadual de Obras, Edson Giroto, a concessão destas rodovias irá evitar “rotas de fuga” em função da privatização da BR-163, em Mato Grosso do Sul.

As rodovias serão privatizadas para empresa que ficará responsável por realizar a execução de obras, administração, operação e manutenção do local, assim como sua devida exploração.

Neste projeto estão a MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo; MS-112, entre Cassilândia e Três Lagoas; MS-180, entre Iguatemi e Juti; MS-135, entre a BR-359 e Chapadão do Sul; MS-223, entre a BR-359 e Figueirão; MS-289, entre Coronel Sapucaia e a BR-163; MS-295, entre Paranhos e a divisa com o Paraná; MS-306, entre Chapadão do Sul e a BR-158; BR-316, entre Costa Rica e Inocência; MS-338, entre Ribas do Rio Pardo e a BR-060 ; e MS-395, entre Bataguassu e a BR-158.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions