A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/06/2008 12:50

Anvisa proíbe propaganda de anestésico pós-parto

Redação

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou a suspensão propagandas do medicamento Andolba, dos laboratórios Eurofarma. O motivo foi o fato de anúncios atribuírem ao produto finalidades distintas das que realmente possui, além de fazer uso de símbolos dirigidos a crianças.

A medida vale vale para todo o território nacional e inclui a publicidade veiculada pelo site www.andolba.com.br, onde há, por exemplo, desenhos de ursinhos.

O medicamento é um anestésico tópico, indicado apenas para o pós-operatório de mulheres que tenham tido parto normal. A propaganda, no entanto, não deixa a indicação clara e leva o consumidor a entender que o produto pode ser usado em qualquer situação de pós-parto.

Outra constatação é que a página contém desenhos para imprimir e colorir com o nome do produto. A estratégia é vedada por uma resolução que regulamenta a propaganda de medicamentos e proíbe mensagens de qualquer natureza dirigidas a crianças ou adolescentes.

Por se tratar de um medicamento com venda isenta de prescrição, o Andolba pode ser anunciado ao público em geral, desde que sejam solucionadas as irregularidades constatadas pela Anvisa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions